O mapeamento do conhecimento por meio da análise SWOT: estudo em uma organização pública de saúde

Autores

  • Beatriz Rosa Pinheiro dos Santos Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências
  • Ieda Pelógia Martins Damian Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245243.253-274

Palavras-chave:

Gestão do conhecimento. Mapeamento do conhecimento. Matriz SWOT. Setor público de saúde.

Resumo

A pesquisa consiste em realizar o mapeamento de conhecimentos internos e externos em uma Unidade Básica de Saúde, que pode ser potencialmente estratégico não só para a tomada de decisões dos gestores, bem como para as práticas diárias de trabalho dos funcionários. A pesquisa contribui para os campos da Administração e da Ciência da Informação que estudam a Gestão do Conhecimento, sobretudo para a Administração Pública, incentivando a utilização de técnicas oriundas das organizações privadas no setor público, especificamente, a Matriz SWOT. Ademais, a pesquisa favorece, indiretamente, a população usuária dos serviços ofertados pela Unidade Básica de Saúde, visto que o intuito do trabalho está na busca por melhoria dos processos envolvendo os conhecimentos presentes na Unidade. Para tanto, realizou-se uma pesquisa de campo, de natureza qualiquantitativa. O resultado demonstrou que a unidade pesquisada apresenta muito mais pontos fracos e ameaças, do que pontos fortes e oportunidades, o que pode prejudicar a qualidade dos serviços ofertados à população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Rosa Pinheiro dos Santos, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Unesp de Marília-FFC.

Ieda Pelógia Martins Damian, Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências

Docente do curso de Graduação em Biblioteconomia e Ciências da Informação e Documentação da Universidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto- FFCLRP/UNESP  e Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências.

Possui graduação em Analise de Sistemas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1994), mestrado em Administração de Organizações pela FEA-RP/USP (2009), doutorado em Administração de Organizações pela FEA-RP/USP (2012). 

Referências

ANDRADE, J. C. et al. Aplicação da análise SWOT para identificar oportunidades para o desenvolvimento econômico e social. In: ENCONTRO LATINO AMERICANO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 9., 2008, São José dos Campos. Anais... São José dos Campos: Universidade do Vale do Paraíba, 2008. p. 1-6.

BARBOSA, R. R. Gestão da Informação do Conhecimento: origens, polêmicas e perspectivas. Informação & Informação, Londrina, v. 13, n. esp., p. 1-25, 2008.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 4. ed. Lisboa: Edições 70, 2009.

BATISTA, F. F. Modelo de gestão do conhecimento para a administração pública brasileira: como implementar a gestão do conhecimento para produzir resultados em benefício do cidadão. Brasília: Ipea, 2012.

BEHR, A. Mapeamento de competências na pequena empresa de software: o caso da ABC Ltda. 2010. Dissertação (Mestrado em Administração) - Escola de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. O desenvolvimento do Sistema Único de Saúde: avanços, desafios e a reafirmação dos seus princípios e diretrizes. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.

BUKOWITZ, W. R.; WILLIAMS, R. L. Manual de gestão do conhecimento: ferramentas e técnicas que criam valor para a empresa. Porto Alegre: Bookman, 2002.

CARVALHO, F. C. A. Gestão do conhecimento. São Paulo: Pearson, 2012.

DRUCKER, P. F. As informações de que os executives realmente precisam. In: HARVARD BUSINESS REVIEW (Ed.). Medindo o desempenho empresarial. Rio de Janeiro: Campus, 2000. p. 9-30.

GHEMAWAT, P. A estratégia: e o cenário dos negócios. Porto Alegre: Bookman, 2000.

GOLDSCHMIDT, A. Análise SWOT na captação de recursos: avaliação de oportunidades, ameaças, pontos fortes e pontos fracos. Integração: Revista Eletrônica do Terceiro Setor, Rio de Janeiro v. 1, n. 6, p. 1-, 2003.

JARRAR, Y. F. Knowledge management: learning for organizational experience. Managerial Auditing Journal, Reino Unido, v. 17, n. 6, p. 322-328, 2002.

JOHNSON, G.; SCHOLES, K.; WHITTINGTON, R. Explorando a estratégia corporativa. 7. ed. Porto Alegre: Bookman, 2007.

KEBEDE, G. Knowledge management: an information science perspective. International Journal of Information Management, San Diego, v. 30, n. 5, p. 416-424, Oct. 2010.

LONGO, R. A importância do conhecimento e do profissional da informação para a estratégia corporativa num contexto de complexidade. In: SOUTO, L. F. (Org.). Gestão da informação e do conhecimento: práticas e reflexões. Rio de Janeiro: Interciência, 2014.

MATTERA, T. C. Gestão do conhecimento na prática. In: SOUTO, L. F. (Org.). Gestão da informação e do conhecimento: práticas e reflexões. Rio de Janeiro: Interciência, 2014. p.199-220.

MCCREADIE, K. A arte da Guerra SUN TZU: uma interpretação em 52 ideias brilhantes. São Paulo: Globo, 2008.

MORRIS, D. O modelo da oportunidade. HSM Managment, São Paulo, v. 5, n. 52, p. 56-62, 2005.

OLIVEIRA, L. H. Exemplo de cálculo de ranking médio para Likert. 2005. Notas de Aula da Disciplina Metodologia Científica e Técnicas de Pesquisa em Administração, Programa de Pós-Graduação na Área de Administração, Faculdade Cenecista de Varginha, Varginha, 2005.

PROBST, G.; RAUB, S.; ROMHARDT, K. Gestão do conhecimento: os elementos constitutivos do sucesso. Porto Alegre: Bookman, 2002.

RIBEIRO, C. L. M. R. et al. Unidade Básica de Saúde: diretrizes operacionais. São Paulo: CESCOM/SMS, 2015.

SCHLESINGER, C.C.B. et al. Gestão do conhecimento na administração pública. Curitiba: Instituto Municipal de Administração Pública, 2008.

TAKEUCHI, H.; NONAKA, I. Gestão do conhecimento. Porto Alegre: Bookman, 2008.

TARAPANOFF, K. Inteligência organizacional e competitiva. Brasília: UnB, 2001.

VALENTIM, M. L. P. Gestão da informação e gestão do conhecimento: especificidades e convergências. Londrina: Infohome, 2004.

Downloads

Publicado

2018-08-27

Como Citar

DOS SANTOS, B. R. P.; DAMIAN, I. P. M. O mapeamento do conhecimento por meio da análise SWOT: estudo em uma organização pública de saúde. Em Questão, Porto Alegre, v. 24, n. 3, p. 253–274, 2018. DOI: 10.19132/1808-5245243.253-274. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/76910. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)