Descrição de recursos em uma estrutura de metadados pautada no modelo FRBR

Elisabete Gonçalves de Souza, Darlene Alves Bezerra, Wellington Freire Cunha Costa

Resumo


Analisa os impactos da web semântica nos processos de organização e acesso à informação e as perspectivas trazidas pelo modelo conceitual FRBR para o campo da catalogação descritiva. Objetiva testar a aplicação de atributos FRAD em um repositório de modo a averiguar os limites e as possibilidades de uso de modelos conceituais na estrutura descritiva deste tipo de biblioteca digital. Demonstra como o uso de modelos conceituais quando associado a outras tecnologias, como as boas práticas indicadas pelo uso de linked data, pode contribuir para enriquecer os processos de busca e recuperação da informação. Conclui que a possibilidade de substituir metadados textuais por identificadores universais permitirá que os agentes de softwares identifiquem com precisão as entidades essenciais à recuperação dos diferentes recursos, como as pessoas (criadoras das obras científicas), interligando o repositório, de forma lógica e segura, a outros dados disponíveis sobre elas na Web.

Palavras-chave


Representação descritiva. Modelo conceitual FRBR. Repositó- rio digital. Web semântica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245221.113-136



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)