REFLEXOS ECONÔMICO-FINANCEIROS NAS COMPANHIAS RESPONSABILIZADAS PELA OCORRÊNCIA DE DESASTRES AMBIENTAIS

Autores

Palavras-chave:

sustentabilidade, desastres ambientais, reflexos econômico-financeiros

Resumo

O objetivo da pesquisa foi identificar os reflexos econômico-financeiros causados a companhias responsabilizadas pela ocorrência de desastres ambientais. Tomando como caso de análise a companhia Vale S/A e os desastres ambientais ocorridos em Mariana (MG) e em Brumadinho (MG), a pesquisa se utilizou da análise documental das Demonstrações Financeiras, da análise de indicadores econômico-financeiros e de estudo de eventos. Os principais resultados apontam que os desastres ambientais causaram significativo aumento do endividamento, redução de liquidez e do tamanho da companhia. Os reflexos mais significativos percebido foram na rentabilidade: o ROE reduz em até 87,8% e o ROA em 523,6%. O estudo de eventos sugere que os desastres ambientais influenciaram negativamente o preço e o retorno das ações da companhia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

LEONARDO DOS SANTOS BANDEIRA, UniCatólica

Mestre em Ciências Contábeis – UNISINOS

Professor dos cursos de Ciências e Administração do UniCatólica

 

Diogo Douglas Gomes de Souza, UNITPAC

Bacharel em Ciências Contábeis pelo UNITPAC

Joana Andreia da Silva Santos, UNITPAC

Bacharel em Ciências Contábeis pelo UNITPAC

Downloads

Publicado

2022-04-30