O Conceito de Dispositivo em Foucault: mídia e produção agonística de sujeitos-maternos

Fabiana de Amorim Marcello

Resumo


Este artigo tem como objetivo discutir a característica multilinear do conceito de “dispositivo”. Para tanto, tal discussão está articulada ao que denominei “dispositivo da maternidade” e às formas pelas quais ele é atualizado agonisticamente na mídia contemporânea. Primeiramente, analiso curvas de visibilidade e regimes de enunciabilidade, que produzem formas de falar e de ver maternidades e sujeitos-mãe; após, argumento acerca de linhas de força que, relacionadas com a dimensão do poder, criam e fixam jogos estratégicos de saber sobre as práticas discursivas maternas; e, por fim, explicito suas linhas de subjetivação que, operando com a dimensão da subjetividade, remetem também à criação de novas possibilidades, (des)caminhos do próprio sujeito e, portanto, indicam as linhas de ruptura do dispositivo em questão.

Palavras-chave


dispositivo, maternidade, agonismo, mídia.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo