Competências Interprofissionais: Modalidade Presencial e a Distância da Educação Profissional

Alexandre Jesus da Silva Machado

Resumo


A Tese de Doutorado “Competências Interprofissionais: Modalidade Presencial e a Distância da Educação
Profissional” investiga, sob a abordagem das Ciências Cognitivas, os principais processos cognitivos responsáveis
pela aquisição de determinada competência bem como os processos que favorecem ao sujeito a aquisição de
competências laborais específicas. A aprendizagem por competências está em sintonia com a política educacional
brasileira para a Educação Profissional Técnica, prevista na Lei 9394/96 (LDB), através de uma metodologia de
Planejamento de Currículos por Competências. O corpus da pesquisa foi definido a partir das Competências Interprofissionais, estabelecidas pelos Referenciais Curriculares Nacionais como um conjunto de competências
profissionais comuns, denominado de “navegabilidade”, sendo alvo da preparação geral para o trabalho. Foi
estabelecida uma relação entre autores com teorias complementares das Ciências Cognitivas, em especial, da
Semiótica Francesa, da Lingüística e da Psicologia Cognitiva, para a definição dos elementos constitutivos da
competência, tais como a situação, a cena, os tipos de conhecimentos envolvidos, os esquemas mentais e o papel
desempenhado pela motivação, levando-se em conta a competência passional. Foi desenvolvido e implementado o
software educativo AVACircuitos - Ambiente Virtual de Análise de Circuitos, para que os alunos participem
do processo de aprendizagem por competências à distância e/ou como suporte à educação presencial. O AVACircuitos
centra-se na aprendizagem contextualizada através da potencialização dos elementos mais significativos que
compõem as competências necessárias à realização de uma tarefa em uma dada situação. Seu uso foi avaliado
através de mapas conceituais que os alunos construíram antes, durante e após o término das atividades com o
ambiente digital, demonstrando a sua performance cognitiva. Os Indicadores Cognitivos de Competência
(ICC) foram construídos e reformulados ao longo do desenvolvimento da Tese a partir da análise de situações de
aprendizagens presenciais e à distância e da avaliação dos mapas conceituais dos alunos em situação de
aprendizagem por competências. Esses indicadores referem-se à quantidade e ao tipo de ajuda necessária para
que o sujeito solucione efetivamente um problema de forma relevante ao tipo de tarefa proposta, usando estratégias
cognitivas mais adequadas à sua execussão. A importância desse instrumento deve-se também à sua abrangência,
podendo ser usado em diferentes áreas do conhecimento, adequando a cada área as variáveis “objetivos” e
“protótipos” próprias à cena em questão.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-1654.9719

Direitos autorais



INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: teoria & prática. e-ISSN: 1982-1654 ISSN Impresso:1516-084X