Avaliação da recuperação da informação em acervos digitais de jornais

Luana Carla de Moura dos Santos, Angel Freddy Godoy Viera

Resumo


Este estudo avalia o Sistema de Recuperação da Informação de três jornais brasileiros que disponibilizam reproduções fiéis das publicações diárias que fizeram história na sociedade brasileira e internacional. Para a avaliação dos acervos digitais, foi utilizada uma adaptação da metodologia desenvolvida por Sandusky (2002) para bibliotecas digitais. A análise dos resultados permitiu evidenciar que os acervos digitais de jornais necessitam de aperfeiçoamento em relação aos processos que objetivam a recuperação da informação. A definição de metadados precisa contemplar, além da descrição dos conteúdos, relações associativas que considerem as mudanças ortográficas ocorridas durante o período em que os conteúdos dos jornais foram elaborados, devido ao contexto histórico dos documentos. Padrões de interoperabilidade, preservação e iniciativas de acesso aberto também são indispensáveis. A conclusão aponta os desafios dos acervos digitais como importantes fontes de informação, que permitem, além do acesso a documentos primários, a preservação do patrimônio cultural e histórico de uma nação.


Palavras-chave


Acervo digital. Jornal. Recuperação da Informação. Digitalização de documentos. Bibliotecas digitais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245212.49-73



Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)