Humanidades digitais: O Brasil conectado e as perspectivas de interpretação dos museus em Porto Alegre.

Autores

  • Júlio Bittencourt Francisco UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.96586

Palavras-chave:

Museus, Sociedade digital, Novas tecnologias, Brasil conectado, Museus de Porto Alegre

Resumo

Uma sociedade conectada utiliza um novo conceito de patrimônio que aparece quando o espaço se modifica de físico para o de fluxo de dados em rede. O ciberespaço e as tecnologias possibilitam, além de informações atualizadas para o visitante ou pesquisador permitindo que ele atue como coautor criando, compartilhando e divulgando informações online do acervo do museu, através de uma tela ou dispositivo eletrônico. Este é um fenômeno global que leva os indivíduos a interagir, trocar saberes e absorver mudanças sociais. O texto analisa a sociedade conectada no Brasil e usa o exemplo de Porto Alegre e de seus museus, para caracterizar a participação dessas instituições nas redes sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-08-23

Como Citar

BITTENCOURT FRANCISCO, J. Humanidades digitais: O Brasil conectado e as perspectivas de interpretação dos museus em Porto Alegre. RENOTE, Porto Alegre, v. 17, n. 2, p. 46–59, 2019. DOI: 10.22456/1679-1916.96586. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/96586. Acesso em: 4 out. 2022.