ETNOINFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: Uso N'SAMAT como organizador prévio para auxiliar na aprendizagem de Aritmética em três escolas moçambicanas.

Autores

  • Florêncio Extermo Maulano PPGIE/UFRGS
  • Rosa Maria Vicari PPGIE & PPGC/UFRGS
  • Maria Cristina Villanova Biasuz PPGIE/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.86089

Palavras-chave:

Aproveitamento escolar, Aprendizagem significativa, Jogo tradicional, Objeto de aprendizagem, N´SAMAT.

Resumo

O presente artigo propõe o uso do N'SAMAT, em aula, para auxiliar na melhoria do aproveitamento dos alunos da 2 a classe do ensino básico na aprendizagem de Aritmética (o que corresponde ao ensino fundamental series iniciais, no Brasil). Para concretização do estudo, foi adotado um plano quase-experimental, associado a uma pesquisa quali-quantitativa, em que foi feito um estudo inicial junto aos gestores e professores e a posteriori uma avaliação do experimento com os alunos, na qual foram submetidos a um pré-teste e a um pós-teste. O pré-teste consistiu na resolução de uma prova de matemática no primeiro momento, já no segundo momento os alunos tiveram uma intervenção com auxílio do objeto de aprendizagem N´SAMAT e culminou com a resolução do pós-teste. Dos resultados obtidos conclui-se que a metodologia aplicada contribuiu para o aproveitamento dos alunos na disciplina de matemática, especificamente, em conteúdos ligados à aritmética.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-21

Como Citar

EXTERMO MAULANO, F.; MARIA VICARI, R.; CRISTINA VILLANOVA BIASUZ, M. ETNOINFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: Uso N’SAMAT como organizador prévio para auxiliar na aprendizagem de Aritmética em três escolas moçambicanas. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.86089. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/86089. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Objetos de aprendizagem