E-maturity (e-M): construção e elaboração do questionário de autoavaliação da Gestão Tecnopedagógica

Autores

  • Herik Zednik Rodrigues Programa de Pós-graduação em Informática na Educação – Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Liane M. R. Tarouco Programa de Pós-graduação em Informática na Educação – Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Luis R. Klering Faculdade de Administração -Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.41657

Palavras-chave:

maturidade eletrônica. Gestão. Tecnopedagógica

Resumo

O objetivo desse estudo é descrever a proposta de desenvolvimento da ferramenta de avaliação e acompanhamento da gestão tecnopedagógica (e-Maturity). O modelo sistematiza um instrumental de análise do nível de maturidade, em relação ao uso estratégico e eficaz das TIC na melhoria dos resultados educacionais. Nesse sentido, o instrumental colabora na identificação dos usos e apropriações das TIC nas escolas, numa perspectiva da prática pedagógica. O instrumental foi elaborado com base nas ferramentas E-learning Maturity Model - eMM (Marshall e Mitchell, 2004), Self Review Framework for ICT, originalmente desenvolvida na Inglaterra pela Naace - Advancing Education Through ICT e no modelo CM360 proposto por Franco et al (2009), que é um framework de análise e avaliação de maturidade da gestão de conteúdo de uma organização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-07-30

Como Citar

RODRIGUES, H. Z.; TAROUCO, L. M. R.; KLERING, L. R. E-maturity (e-M): construção e elaboração do questionário de autoavaliação da Gestão Tecnopedagógica. RENOTE, Porto Alegre, v. 11, n. 1, 2013. DOI: 10.22456/1679-1916.41657. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/41657. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos