Avaliação de Interfaces por Usuários Finais:Mensurando a Qualidade Afetiva e o Impacto na Aprendizagem de Conteúdos

Autores

  • Rozelma Soares de França Universidade de Pernambuco – Garanhuns, PE – Brasil Centro de Informática – Universidade Federal de Pernambuco – Recife, PE – Brasil
  • Paulo Ricardo Bezerra da Silva Universidade de Pernambuco – Garanhuns, PE – Brasil
  • Haroldo José Costa do Amaral Universidade de Pernambuco – Garanhuns, PE – Brasil
  • Mirtes Ribeiro de Lira Universidade de Pernambuco – Nazaré da Mata, PE – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.41655

Palavras-chave:

Avaliação de interfaces, Qualidade afetiva de interfaces, Taxonomia de Bloom, Aprendizagem de conteúdos.

Resumo

Este artigo propõe um método para avaliação de interfaces em softwares educativos, envolvendo estudantes, em ambiente escolar. A proposta é baseada no SAM, um instrumento de avaliação iconográfico que contempla questões relacionadas à qualidade afetiva de sistemas computacionais, e na taxonomia de objetivos educacionais de Bloom. Experimentos realizados para a avaliação de interfaces de um software educativo voltado ao ensino da Lógica de Programação demonstram a viabilidade da proposta, permitindo identificar a satisfação dos usuários, a cada interface projetada, e o seu impacto na aprendizagem dos conteúdos contemplados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-07-30

Como Citar

FRANÇA, R. S. de; SILVA, P. R. B. da; AMARAL, H. J. C. do; LIRA, M. R. de. Avaliação de Interfaces por Usuários Finais:Mensurando a Qualidade Afetiva e o Impacto na Aprendizagem de Conteúdos. RENOTE, Porto Alegre, v. 11, n. 1, 2013. DOI: 10.22456/1679-1916.41655. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/41655. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos