TESTE DE USABILIDADE DE UMA NARRATIVA HIPERMIDIÁTICA POR MEIO DE AVALIAÇÃO EMOCIONAL (Emocard)

Autores

  • Silvia Quevedo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Sabrina Bleicher Universidade Federal de Santa Catarina
  • Carlos Henrique Berg Universidade Federal de Santa Catarina
  • Vânia Ulbrich Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.41645

Palavras-chave:

narrativas hipermidiáticas, usabilidade, avaliação emocional.

Resumo

Ambientes Virtuais de Ensino Aprendizagem AVEAs usam narrativas
hipermidiáticas para transmitir de várias formas o conhecimento. Essas narrativas são mediadas com humanos através de Interfaces Humano Computador e tais interfaces, por
usarem metáforas reconhecíveis, podem apresentar barreiras à acessibilidade. Portanto, avaliar interfaces em busca de erros é importante no desenvolvimento de AVEAs. O AVEA
inclusivo em desenvolvimento WebGD, com conteúdos de geometria descritiva para pessoas com deficiência auditiva, visual e sem deficiência, teve uma de suas narrativas
hipermidiáticas testada com o método Emocard, teste de usabilidade com uso de emoções que valencia interfaces positiva ou negativamente. O teste permitiu avaliar a interface apresentada, sendo valenciada positivamente pela maioria dos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-07-30

Como Citar

QUEVEDO, S.; BLEICHER, S.; BERG, C. H.; ULBRICH, V. TESTE DE USABILIDADE DE UMA NARRATIVA HIPERMIDIÁTICA POR MEIO DE AVALIAÇÃO EMOCIONAL (Emocard). RENOTE, Porto Alegre, v. 11, n. 1, 2013. DOI: 10.22456/1679-1916.41645. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/41645. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos