ABORDANDO A RELAÇÃO DE EULER ATRAVÉS DO OBJETO DE APRENDIZAGEM UMA PLETORA DE POLIEDROS: UM ESTUDO DE CASO COM ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO

Autores

  • Viviane Beatriz Hummes UFRGS
  • Adriana Breda UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.25152

Palavras-chave:

elação de Euler, Uma Pletora de Poliedros, Vygotsky, aprendizagem

Resumo

Este trabalho objetiva apresentar  alguns resultados  em  relação ao processo de aprendizagem, a partir de uma perspectiva vygotskyniana,  da relação de Euler através do uso do objeto de aprendizagem Uma Pletora de Poliedros. Para isso, foi realizado um estudo de caso com dez alunos de uma turma de  3º  ano do Ensino Médio em uma escola da rede  pública de Porto Alegre. Os dados foram coletados por meio de dois questionários: um identificando as idéias prévias e o outro, o  que  os alunos  aprenderam após a aplicação do dispositivo virtual. A partir da análise dos dados, concluiu-se que, embora, os alunos expressassem, inicialmente, os poliedros como figuras planas, após o uso do  software, eles conseguiram estabelecer a relação entre faces, arestas e vértices das figuras, compreendendo que estas são figuras tridimensionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-28

Como Citar

HUMMES, V. B.; BREDA, A. ABORDANDO A RELAÇÃO DE EULER ATRAVÉS DO OBJETO DE APRENDIZAGEM UMA PLETORA DE POLIEDROS: UM ESTUDO DE CASO COM ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO. RENOTE, Porto Alegre, v. 9, n. 2, 2011. DOI: 10.22456/1679-1916.25152. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/25152. Acesso em: 29 set. 2022.