Desafios na Construção do Trabalho de Conclusão do Curso de Especialização em Negociação Coletiva / Modalidade a Distância

Autores

  • Elaine Di Diego Antunes UFRGS
  • Nádia Brunetta UFRGS
  • Diogo Joel Demarco UFRGS
  • Ivan Antônio Pinheiro UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.25140

Palavras-chave:

Desafios, Trabalho de Conclusão de Curso, Ensino a Distância

Resumo

O presente trabalho objetiva apresentar os principais desafios enfrentados pelos alunos durante o processo de construção do trabalho de conclusão de um Curso de Especialização ofertado na modalidade a distância. Na discussão teórica são apresentadas noções conceituais acerca do processo de ensino-aprendizagem mediado por tecnologias e é feita uma reflexão, à luz da Pedagogia da Autonomia, sobre o perfil do aluno em EAD. Em termos metodológicos, adotou-se a estratégia de estudo de caso, sendo que as informações foram levantadas a partir de uma coleta via web com 288 dos 574 alunos matriculados no curso; suas respostas foram analisadas por meio da análise de conteúdo e de  estatísticas simples. A justificativa deste estudo visa  aperfeiçoar o processo de orientação do TCC servindo como subsídio para a equipe pedagógica, tutores e professores. Dentre os principais desafios destacam-se: escassez de tempo para conciliar atividades do curso com outros compromissos;  dificuldade de compreensão e de  uso das normas técnicas; problemas de relacionamento com tutores e orientadores; dificuldade para redigir textos científicos, obstáculos para acesso ao campo e aos materiais bibliográficos, entre outros. Para finalizar, são apresentadas recomendações possíveis de serem aplicadas em cursos EAD que exijam a elaboração e apresentação de um trabalho final.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-28

Como Citar

ANTUNES, E. D. D.; BRUNETTA, N.; DEMARCO, D. J.; PINHEIRO, I. A. Desafios na Construção do Trabalho de Conclusão do Curso de Especialização em Negociação Coletiva / Modalidade a Distância. RENOTE, Porto Alegre, v. 9, n. 2, 2011. DOI: 10.22456/1679-1916.25140. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/25140. Acesso em: 25 set. 2022.