Subjetividade e Redes Sociais na Internet: Problematizando as novas relações entre estudantes e professores na contemporaneidade

Autores

  • Ana Paula Freitas Margarites Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação/ Faculdade de Educação/ Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
  • Rosária Ilgenfritz Sperotto Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação/ Faculdade de Educação/ Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.21905

Palavras-chave:

redes sociais na internet, subjetividade, cartografia.

Resumo

A reflexão aqui apresentada se dá a partir de uma pesquisa realizada em 2010, que buscava acompanhar as interações - através de blogs, Twitter e Facebook - entre professor e estudantes dos cursos de Bacharelado em Design Gráfico e Digital da Universidade Federal de Pelotas. A metodologia referencia-se na cartografia, abordagem que problematiza os ideais de cientificidade, possibilitando outra aproximação com os “achados” do estudo. Considera-se que as redes operam não só como extensão da sala de aula, mas possibilitam aprendizagens com referências de tempo e espaço diferentes dos instituídos, viabilizando outros modos de ser estudante e professor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-07-28

Como Citar

MARGARITES, A. P. F.; SPEROTTO, R. I. Subjetividade e Redes Sociais na Internet: Problematizando as novas relações entre estudantes e professores na contemporaneidade. RENOTE, Porto Alegre, v. 9, n. 1, 2011. DOI: 10.22456/1679-1916.21905. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/21905. Acesso em: 6 dez. 2022.