Tecnologia educacional: mídias e suas linguagens

Autores

  • Maria Isabel Timm Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Fernando Schnaid UFRGS
  • Milton Zaro UFRGS
  • Raymundo C. M. Ferreira Filho UFRGS
  • Ana Maria Rosa
  • Marcelo Azevedo e S. Jesus

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.13627

Palavras-chave:

tecnologia educacional, mídia, linguagens

Resumo

O trabalho reflete sobre a natureza da integração, através do computador, de linguagens de múltiplos meios de comunicação, como o vídeo, o áudio e as animações, sugerindo a necessidade de se planejar a sinergia entre elas, em produtos de hipermídia educacional, atendendo às características de suas linguagens específicas, estruturadas e já consolidadas pelo uso como veículo de comunicação social, anterior à sua integração pelos computadores. Sugere que o uso adequado dessas linguagens específicas favorece o processamento cognitivo dos alunos, em função do reconhecimento de padrões de visualização, de ritmo de apresentação e de narratividade, que compõem o seu próprio repertório de representações. Descreve o diálogo de linguagens propiciado pela hipermídia como uma marca já integrada ao panorama visual – e, portanto, cultural e cognitivo - da comunicação social do Século XXI, observável tanto na produção de produtos para a Web quanto na composição de elementos que formam as imagens da televisão contemporânea. Apresenta exemplos de pesquisa de uso de vídeos e animações, com suas respectivas linguagens, aplicadas em tecnologia informatizada para uso educacional, presencial e a distância, em produtos desenvolvidos pelo Núcleo de Multimídia e Ensino a Distância da Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, equipe à qual pertencem os autores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2003-02-28

Como Citar

TIMM, M. I.; SCHNAID, F.; ZARO, M.; FERREIRA FILHO, R. C. M.; ROSA, A. M.; JESUS, M. A. e S. Tecnologia educacional: mídias e suas linguagens. Revista Novas Tecnologias na Educação, Porto Alegre, v. 1, n. 1, 2003. DOI: 10.22456/1679-1916.13627. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/13627. Acesso em: 13 abr. 2024.