O sujeito afetivo e os ambientes virtuais de aprendizagem

Autores

  • Magalí Teresinha Longhi UFRGS
  • Patricia Alejandra Behar UFRGS
  • Magda Bercht UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.13567

Palavras-chave:

sujeito afetivo, sujeito psicológico, fenômenos afetivos, estados de ânimo, ambiente virtual de aprendizagem

Resumo

Este artigo apresenta correspondências entre as teorias de Piaget e de Scherer
no que diz respeito à definição do sujeito afetivo e aos aspectos emocionais envolvidos
em um ambiente virtual de aprendizagem (AVA). O reconhecimento da dimensão afetiva
do aluno nesses ambientes é recurso importante para a prática de um professor em
Educação a Distância. Neste trabalho, a dimensão afetiva é caracterizada pelos estados de
ânimo manifestados durante as interações no espaço virtual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-21

Como Citar

LONGHI, M. T.; BEHAR, P. A.; BERCHT, M. O sujeito afetivo e os ambientes virtuais de aprendizagem. RENOTE, Porto Alegre, v. 7, n. 3, p. 275–285, 2009. DOI: 10.22456/1679-1916.13567. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/13567. Acesso em: 25 set. 2022.