Recursos tecnológicos de um contexto escolar: estrutura, práticas pedagógicas e concepções

Autores

  • Nathalie Suelen do Amaral Gonçalves UNIPAMPA
  • Michel Mansur Machado UNIPAMPA
  • Phillip Vilanova Ilha UNIPAMPA

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.121374

Palavras-chave:

Recursos tecnológicos, Tecnologias da Informação e Comunicação, Infraestrutura tecnológica escolar, Ensino fundamental

Resumo

Este artigo teve como objetivos investigar o contexto de uma escola pública de ensino fundamental da fronteira oeste gaúcha e sua infraestrutura tecnológica, bem como os dados dos professores referentes às suas concepções prévias e práticas pedagógicas a respeito de recursos tecnológicos. Durante o percurso metodológico adotou-se na pesquisa a abordagem qualitativa, tendo como instrumento de coleta de dados entrevistas semiestruturadas com vinte professores e um gestor da escola. Para a análise dos dados utilizou-se a análise de conteúdo proposta por Bardin, fundamentada na análise categorial. Como resultados constatou-se que a escola selecionada para o estudo possuía uma estrutura deficitária, levando em consideração a quantidade de alunos, demandas e sua comunidade escolar. Sobre as concepções prévias quanto a recursos tecnológicos, verifica-se que os professores têm uma visão mais limitada sobre o termo, remetendo mais às ferramentas digitais e às novas tecnologias. Ao final, referente às suas práticas pedagógicas, os resultados também indicam que os professores na sua maioria costumam utilizar os recursos tecnológicos de vídeos e projetores de modo a ilustrar o conteúdo trabalhado em aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

SUELEN DO AMARAL GONÇALVES, N.; MANSUR MACHADO, M.; VILANOVA ILHA, P. Recursos tecnológicos de um contexto escolar: estrutura, práticas pedagógicas e concepções. RENOTE, Porto Alegre, v. 19, n. 2, p. 506–515, 2021. DOI: 10.22456/1679-1916.121374. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/121374. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

TIC e seus efeitos na configuração das ecologias cognitivas