Programação na resolução de problemas envolvendo polígonos regulares por meio do Scratch: uma experiência no ensino fundamental

Autores

  • Greice Borges Quequi PPGEMat/UFRGS
  • Leandra Anversa Fioreze PPGEMat/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.121230

Palavras-chave:

Programação no Scratch, Polígonos Regulares, Ensino Fundamental, Teoria dos Campos Conceituais

Resumo

O presente artigo tem como objetivo mostrar aspectos declarativos externalizados por estudantes do nono ano do Ensino Fundamental ao programar situações relacionadas à geometria dos polígonos regulares, por meio do software Scratch. O aporte teórico relacionado à compreensão do processo de construção dos conceitos baseia-se na Teoria dos Campos Conceituais, de Vergnaud, e o processo de programar e aprender é fundamentado no Construcionismo, de Seymour Papert. A experimentação foi realizada com discentes do nono ano do Ensino Fundamental dos Anos Finais de uma escola privada de Porto Alegre. A partir dos resultados, constatou-se que a externalização pelos estudantes de ações, ideias e registros escritos associada à programação com o software Scratch contribuiu para a resolução de situações relacionadas à geometria de polígonos regulares. O uso do Scratch foi relevante como ferramenta para pensar, construir e testar os teoremas em ação e os conceitos em ação dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

BORGES QUEQUI, G.; ANVERSA FIOREZE, L. Programação na resolução de problemas envolvendo polígonos regulares por meio do Scratch: uma experiência no ensino fundamental. RENOTE, Porto Alegre, v. 19, n. 2, p. 314–322, 2021. DOI: 10.22456/1679-1916.121230. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/121230. Acesso em: 24 jun. 2022.

Edição

Seção

Robótica Educacional