Formação inicial docente: análise de projetos pedagógicos de curso e suas relações com as tecnologias digitais

Autores

  • Juliana Brandão Machado PPGEdu/UNIPAMPA
  • Grazielle de Souza Brandão UNIPAMPA

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.106011

Palavras-chave:

Tecnologias digitais, Formação docente, Cibercultura, Inclusão digital, Licenciatura.

Resumo

Este artigo tem o objetivo de analisar os currículos de cursos de licenciatura de uma universidade pública, a fim de perceber as suas relações com as tecnologias digitais. Problematiza a ideia de que a formação docente precisa estar alinhada às concepções contemporâneas, incluindo neste cenário a cibercultura e a inclusão digital. A pesquisa foi realizada através da análise dos projetos pedagógicos de curso (PPC), buscando descritores relacionados à cultura digital nas concepções de curso, perfil do egresso, organização curricular e ementário, configurando uma pesquisa documental. A discussão dos dados demonstra uma concepção difusa sobre tecnologia na maioria dos documentos analisados, bem como a pouca presença de componentes curriculares para abordar a relação das tecnologias digitais na educação. A inexistência de referência aos processos de inclusão digital nos PPC analisados e a perspectiva reducionista e instrumental com que as tecnologias são mencionadas nos processos formativos indicam haver um distanciamento entre a formação inicial docente e o cenário sociotécnico contemporâneo nesta instituição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-29

Como Citar

BRANDÃO MACHADO, J.; DE SOUZA BRANDÃO, G. Formação inicial docente: análise de projetos pedagógicos de curso e suas relações com as tecnologias digitais. RENOTE, Porto Alegre, v. 18, n. 1, 2020. DOI: 10.22456/1679-1916.106011. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/106011. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Teorias educacionais aplicadas à TIC