PRÁTICAS LINGUÍSTICAS, SIGNIFICADOS SOCIAIS E EXPRESSÃO DE IDENTIDADES: O CASO DE (-STE)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2238-8915.122795

Resumo

Com base em uma articulação teórica entre Sociolinguística Variacionista, Antropologia Linguística e Sociologia (LABOV, 2008 [1972]; ECKERT, 2005, 2012, 2016, 2018, 2019; SILVERSTEIN, 2003; KIESLING, 2013; BOURDIEU, 1983), o objetivo deste artigo é refletir sobre os significados sociais das práticas linguísticas dos sujeitos e em que medida tais significados podem expressar suas identidades, atitudes e ideologias. Para subsidiar esta reflexão, analisamos o item (-STE) usado na comunidade de práticas virtual (CPV) Tal Qual Dublagens. Exploramos o uso desse item a partir de como os membros e não membros dessa CPV o avaliam Considerando o diálogo entre os dados e a articulação teórica, chegamos ao entendimento de que os significados sociais potencialmente indexicalizados por (-STE) são múltiplos e dinâmicos e constituídos por diferentes camadas, que podem se articular e se organizar de forma dialética: (i) uma relacionada a macrocategorias; (ii) outra a relação de grupo, seja de grupo regional, seja de grupo social; e (iii) outra a comportamentos e escolhas individuais. Essas camadas estão intimamente correlacionadas com uma noção de identidade que é plural e múltipla, sendo esta também constituída por camadas que se articulam dialeticamente e que estão assentadas em um contexto sociocultural e ideológico mais amplo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kamilla Oliveira do Amaral, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2022-07-07

Como Citar

DO AMARAL, K. O. PRÁTICAS LINGUÍSTICAS, SIGNIFICADOS SOCIAIS E EXPRESSÃO DE IDENTIDADES: O CASO DE (-STE). Organon, Porto Alegre, v. 37, n. 73, p. 125–149, 2022. DOI: 10.22456/2238-8915.122795. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/organon/article/view/122795. Acesso em: 31 jan. 2023.