Sobre a Revista

Missão e política

A Organon é uma revista científica do Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) que objetiva a divulgação de trabalhos, total ou parcialmente inéditos, no campo dos Estudos Linguísticos, dos Estudos Literários e dos Estudos da Tradução.

Somente são aceitos artigos com autoria de doutores e doutorandos. Mestres, mestrandos e graduados podem constar somente como coautores (em conjunto com autores doutores ou doutorandos). Graduandos não são aceitos como autores, nem em coautoria. 

Aceitam-se, preferencialmente, artigos com até 2 (dois) autores (um autor e um coautor). Excepcionalmente, são aceitos artigos com no máximo 4 (quatro) autores (um autor e de dois a três coautores). Todos os autores e coautores deverão ser identificados na mesma submissão.

As avaliações dos artigos são realizadas por pares da área e às cegas. 

As edições são publicadas online semestralmente. Cada número tem um tema específico, proposto por seus Organizadores, que são escolhidos por Edital lançado pela Comissão Editorial da Organon.

 

Processo de avaliação pelos pares

O processo de avaliação de artigos adotado pela Organon é o double blind peer review, com a consulta a dois pareceristas. 

Essa avaliação se dá de forma "cega", ou seja, da mesma maneira que os pareceristas não sabem quem é(são) o(s) autor(es) do artigo, esse(s) não sabe(m) quem são os pareceristas que avaliarão seu trabalho.

O artigo é encaminhado ao(s) autor(es) com as sugestões de correções e adequações, para que, após os ajustes finais, seja finalmente encaminhado para revisão, editoração e publicação. Eventuais modificações sugeridas são, desse modo, efetuadas em consenso com o(s) autor(es).

A decisão final a respeito da publicação de artigos é de responsabilidade da Equipe Editorial da Organon e pode ser tomada em qualquer momento do processo. 

 

Periodicidade

A periodicidade da revista é semestral e sua circulação é eletrônica, sendo, eventualmente, também impressa.

Os números são temáticos e de responsabilidade de seu(s) Organizador(es), que são escolhidos através de Edital lançado pela Comissão Editorial da Organon.

 

Política de acesso livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Taxas

Nenhum tipo de taxa é cobrada para publicação na revista.

 

Histórico do periódico

A Organon é publicada desde 1956. A publicação foi suspensa entre 1970 e 1985.

 

Conduta ética

Solicita-se que os autores tenham conduta ética em relação a citações, identificação da autoria, realização de pesquisas com seres vivos, conflito de interesses e plágio. 

A Equipe Editorial da Organon solicita que os autores preencham uma declaração afirmando não terem cometido plágio, portanto, não é feita nenhuma verificação a esse respeito. 

Preservação Digital

A Organon encontra-se preservada pela Rede Cariniana, rede brasileira de Serviços de Preservação Digital.

A Organon incorpora o protocolo de interoperabilidade OAI, que permite sua coleta por outros sistemas de distribuição. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/organon/oai.

 

Fomento

Fontes de Apoio