Câncer de próstata: rastrear ou não rastrear?

Autores

  • Milton Berger Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Palavras-chave:

Próstata, Câncer, Urologia

Resumo

A próstata é uma glândula localizada logo abaixo da bexiga e que circunda a uretra na sua porção interna inicial. Sua função é produzir uma secreção líquida que faz parte do sêmen. Com o avanço da idade, a próstata tende a aumentar de tamanho, o que pode causar dificuldade para urinar. Outro aspecto importante deste órgão é que ele é sede do câncer mais frequente no homem, o câncer de próstata (CaP), que também é a segunda causa de morte por câncer no homem. O Rio Grande do Sul é o estado brasileiro de maior ocorrência de CaP, e a cidade de Porto Alegre apresenta taxas ainda maiores que o estado, sendo a cidade brasileira de maior ocorrência da doença, com taxas comparáveis aos países mais afetados no mundo. Calcula-se que a probabilidade de um homem apresentar CaP durante a sua vida é de 1 em 6, isto é, cerca de 16%, e que a probabilidade de morrer devido ao câncer de próstata é de 1 em 36, ou seja, cerca de 0,03%. Por esses números, pode-se estimar a importância desta doença para o homem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-10-31

Como Citar

1.
Berger M. Câncer de próstata: rastrear ou não rastrear?. Clin Biomed Res [Internet]. 31º de outubro de 2011 [citado 25º de junho de 2022];31(3). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/23703

Edição

Seção

Seção para Pacientes