As Estratégias de Coping para o Manejo da Fissura de Dependentes de Crack

Autores

  • Renata Brasil Araujo Hospital Psiquiátrico São Pedro
  • Marcel Pansard Hospital Psiquiátrico São Pedro
  • Betina Uhry Boeira Hospital Psiquiátrico São Pedro
  • Neusa Sica Rocha Hospital Psiquiátrico São Pedro

Palavras-chave:

Coping, crack, fissura

Resumo

Objetivo: Analisar as estratégias de coping para o manejo da fissura em dependentes de crack internados para desintoxicação.

Método: Estudo transversal com amostra composta por 35 sujeitos dependentes de crack pela CID-10, do sexo masculino, internados para desintoxicação em uma unidade especializada em Dependência Química. Todos faziam uso de crack há mais de 6 meses. Os pacientes podiam preencher critérios de dependência ou abuso de outras substâncias psicoativas, mas o crack deveria ser a droga de uso principal.

Resultados: Foram encontradas correlações positivas de intensidade moderada entre a motivação para a interrupção do uso do crack e as estratégias Resolução de Problemas e Fuga-Esquiva e correlações também positivas, mas de fraca intensidade com as estratégias Autocontrole e Reavaliação Positiva

Conclusão: O estudo demonstrou haver relação entre o uso de algumas estratégias de coping e: a motivação para parar de usar crack, o tempo de internação e o tempo de abstinência desta substância.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Brasil Araujo, Hospital Psiquiátrico São Pedro

Renata Brasil Araujo, Psicóloga da Unidade de Desintoxicação e do Ambulatório de Dependência Química do Hospital Psiquiátrico São Pedro, Coordenadora da Residência Integrada Multiprofissional do Hospital Psiquiátrico São Pedro, Doutora em Psicologia pela PUC-RS.

Marcel Pansard, Hospital Psiquiátrico São Pedro

Residente em Psiquiatria do Hospital Psiquiátrico São Pedro

Betina Uhry Boeira, Hospital Psiquiátrico São Pedro

Residentes em Psiquiatria do Hospital Psiquiátrico São Pedro

Neusa Sica Rocha, Hospital Psiquiátrico São Pedro

Doutora em Psiquiatria, Professora Voluntária do Hospital Psiquiátrico São Pedro

Downloads

Publicado

2010-04-20

Como Citar

1.
Araujo RB, Pansard M, Boeira BU, Rocha NS. As Estratégias de Coping para o Manejo da Fissura de Dependentes de Crack. Clin Biomed Res [Internet]. 20º de abril de 2010 [citado 26º de novembro de 2022];30(1). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/11572

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)