Representações do corpo em cinco livros didáticos de ensino de arte

Autores

  • Celso Vitelli Universidade Federal do Rio Grande do Sul — UFRGS, Porto Alegre/RS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22456/2357-9854.128452

Palavras-chave:

Corpo, Livro didático, Ensino de Arte

Resumo

Este artigo resulta de uma pesquisa desenvolvida entre os anos de 2016 e 2018 que investigou algumas representações de corpos em livros didáticos de Ensino de Arte, mais especificamente o modo como são eles apresentados, discutidos ou não e problematizados. A metodologia empregada se ocupou da análise de cinco coleções voltadas para o Ensino de Artes no Ensino Fundamental: Projeto Mosaico (2015); Por toda Parte (2015); Projeto Araribá: arte (2014); Tear (2015) e A arte de fazer arte (2015). Entre as questões que nortearam a pesquisa, destacou-se: por que certas representações de corpos (na arte ou no cotidiano) passam a ser mais valorizadas do que outras e, assim, compõem em maior quantidade o conjunto de imagens dos livros didáticos de Ensino de Arte? Entre os autores que solidificaram a pesquisa, citam-se Débora Lupton, Gisela Ferreira da Silva, Lucia Santaella, entre outros. Concluiu-se que a maioria dos livros das coleções analisadas, com efeito, aborda o corpo de maneira muito genérica, com um aprofundamento menor ao que o tema de fato merece.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celso Vitelli, Universidade Federal do Rio Grande do Sul — UFRGS, Porto Alegre/RS, Brasil

Doutor em Educação pela Faculdade de Educação da UFRGS. Atualmente é professor do Instituto de Artes da UFRGS nos cursos de graduação em Artes Visuais: bacharelado e licenciatura. Tem experiência na área de Educação com ênfase no ensino de arte, atuando principalmente nos seguintes temas: arte, masculinidades, adolescência e juventude.

Referências

BARTHES, Roland. O prazer do texto. São Paulo: Perspectiva, 2002.

BONIN, Iara Tatiana. Povos indígenas na rede de temáticas escolares: o que isso ensina sobre identidades, diferenças e diversidade? Currículo sem Fronteiras, v. 10, n. 1, p. 73-83, jan./jun. 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. PNLD. Disponível em http://www.fnde.gov.br/pnld-2017/. Acesso em: 28 de out. 2016.

COSTA, Jurandir Freire. A ética e o espelho da cultura. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.

COURTINE, Jean-Jacques. Os stakhanovistas do narcisismo: body-building e puritanismo ostentatório na cultura americana do corpo. In: SANT’ANNA, Denise B. de (org.). Políticas do corpo. São Paulo: Estação Liberdade, 2003.

ECO, Humberto. História da beleza. Rio de Janeiro: Record, 2004.

ECO, Humberto. História da feiúra. Rio de Janeiro: Record, 2007.

LUPTON, Débora. Corpos, prazeres e práticas do eu: produção do corpo. Revista Educação & Realidade, v. 25, n. 2, p. 15-48, jul./dez. 2000.

ORTEGA, Francisco. O corpo incerto: corporeidade, tecnologias médicas e cultura contemporânea. Rio de Janeiro: Garamond, 2008.

PNLD. Disponível em http://www.fnde.gov.br/pnld-2017/. Acesso em: 28 out. 2016.

Por toda a parte, 8º ano/ Solange dos Santos; Utuari Ferrari... [et al.]. São Paulo: FTD, 2015.

Projeto Araribá: arte/ organizadora Editora Moderna; obra coletiva concebida, desenvolvida pela Editora Moderna; editor responsável Denis Rafael Pereira. 1.ed. São Paulo: Moderna, 2014.

Projeto Mosaico: arte: ensino fundamental/ Beá Meira... [et al.]. 1.ed. São Paulo: Scipione, 2015.

SANTAELLA, Lucia. Corpo e comunicação: sintoma da cultura. São Paulo: Paulus, 2004.

SCHMITT, Jean-Claude. A moral dos gestos. In: SANT’ANNA, Denise B. de (org.). Políticas do corpo. São Paulo: Estação Liberdade, 2003.

SILVA, Gisele Costa Ferreira da. Livros didáticos para o ensino de arte: diálogos, práticas e (des)caminhos. UFG, 2009. Dissertação (Mestrado em Cultura Visual) – Faculdade de Artes Visuais, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2009.

TEAR: arte, 6° ano: anos finais: ensino fundamental. São Paulo: Edições SM LTDA, 2015. Vários autores.

THOMAS, Mariana Schnorr. O que se pode aprender sobre artes dos povos indígenas em livros didáticos de arte/ensino médio. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, ULBRA, 2018.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu (org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.

Downloads

Publicado

2022-11-11

Como Citar

VITELLI, C. Representações do corpo em cinco livros didáticos de ensino de arte. Revista GEARTE, [S. l.], v. 9, 2022. DOI: 10.22456/2357-9854.128452. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/128452. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Dossiê GEARTE: 25 anos