As incorporações e suas poéticas

Pedro Paulo Gomes Pereira

Resumo


Este artigo se volta para o corpo, formulando perguntas como: Quais articulações construiriam os corpos? Se os corpos são interfaces que vão ficando descritíveis quando aprendem a ser afetados por múltiplos elementos, colocados em movimento por entidades humanas e não humanas, quais seriam esses afetos e quais entidades e mediadores? Como ocorrem as incorporações? Como, enfim, se inventa um corpo? Na busca de refletir sobre essas indagações e partindo de experiências de pesquisa, pedagógicas, com imagens e narrativas fílmicas, o artigo procura refletir sobre os processos de invenção dos corpos de travestis, percorrendo algo de sua economia estilística, da fabricação de beleza, da invenção de complexas formas de incorporação em suas experiências de trânsito e fluxo.

Palavras-chave


corpo, incorporação, gênero, sexualidade

Texto completo:

RESUMO ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8136.70999



Direitos autorais 2017 Pedro Paulo Gomes Pereira

Porto Alegre: UFRGS, IFCH, PPGAS, 1997 – Semestral - ISSN 1519-843X – ISSN 1982-8136 (eletrônico) Os conteúdos de Debates do NER estão licenciados em CC BY.