Impactos do Parlamento Jovem Brasileiro na motivação e participação política partidária dos egressos

Autores

  • Antonio Teixeira de Barros Programa de Mestrado em Ciência Política do Centro de Formação Politica da Câmara dos Deputados
  • Lúcio Meireles Martins Programa de Mestrado em Ciência Política do Centro de Formação Politica da Câmara dos Deputados

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-5269.62982

Palavras-chave:

Juventude, Participação Política, Parlamento Jovem Brasileiro, Partidos Políticos, Câmara dos Deputados.

Resumo

O artigo analisa os impactos do Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) na participação política institucional dos seus egressos. A análise está baseada em levantamento do tipo survey, com questionário aplicado em 2014 aos egressos do PJB, das edições de 2006 a 2013, totalizando 27,48% deste universo. As conclusões indicam relevante percentual de jovens motivados e participantes na política partidária, o que representa forte contraste com dados de pesquisas com a juventude em geral. Entre os egressos do sexo masculino, há maior motivação e interesse pela política partidária. A principal conclusão é de que, ao promover o letramento político, amplia-se a confiança nas instituições políticas e estimula-se o engajamento partidário, alterando o processo de desencantamento e desinstitucionalização da ação política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Teixeira de Barros, Programa de Mestrado em Ciência Política do Centro de Formação Politica da Câmara dos Deputados

Doutor em Sociologia. Docente e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação do Centro de Formação Politica da Câmara dos Deputados, vinculado à linha de pesquisa "Educação e Comunicação para Democracia".

Lúcio Meireles Martins, Programa de Mestrado em Ciência Política do Centro de Formação Politica da Câmara dos Deputados

Aluno do Programa de Mestrado em Ciência Política do Centro de Formação Politica da Câmara dos Deputados

Downloads

Publicado

2016-08-31

Como Citar

Barros, A. T. de, & Martins, L. M. (2016). Impactos do Parlamento Jovem Brasileiro na motivação e participação política partidária dos egressos. Revista Debates, 10(2), 95–120. https://doi.org/10.22456/1982-5269.62982