CONTRIBUIÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS PARA UMA INVESTIGAÇÃO SOCIOLÓGICA DO ESTADO BRASILEIRO

Autores

  • Carla Michele Rech

Resumo

O presente ensaio teórico é fruto de registros de pesquisa bibliográfica para a tese de doutorado e tem por objetivo apresentar algumas contribuições teórico-metodológicas para a investigação sociológica do Estado brasileiro, a partir de autores que se inscrevem teoricamente no marco de uma antropologia da política ou também denominada Antropologia do Estado. Os teóricos que se filiam a essa perspectiva teórica têm proporcionado um alargamento teórico e permitem pensar o Estado não como uma entidade independente, um ator essencializado, com coerência, agência própria e autonomia, como um objeto coerente claramente distinto da sociedade. A proposta desta perspectiva é historicizá-lo, tomá-lo como um conjunto de processos dinâmicos, cuja materialidade reside muito menos em instituições e mais na reformulação de processos e relações, de modo a criar novos espaços para a implantação de poder. Tomando em consideração as pesquisas empíricas sobre o tema já realizadas no Brasil, tal perspectiva demonstra contribuir tanto teórica quanto metodologicamente para compreensão do Estado brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

07-06-2017

Como Citar

RECH, C. M. CONTRIBUIÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS PARA UMA INVESTIGAÇÃO SOCIOLÓGICA DO ESTADO BRASILEIRO. Revista Contraponto, [S. l.], v. 4, n. 1, 2017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/contraponto/article/view/74019. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos