Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir para o rodapé

Artigos

v. 1 n. 1 (2014): Debates Sociológicos Contemporâneos

Jovens trabalhadores e cenários de emprego em atividades informacionais do setor de telecomunicações

  • Régis Leonardo Gusmão Barcelos
Enviado
April 3, 2014
Publicado
2014-04-03

Resumo

O presente estudo analisa a inserção de jovens trabalhadores no setor de telecomunicações, no Rio Grande do Sul, destacando a influência do perfil sócio-ocupacional e da escolaridade sobre as condições de emprego, em atividades informacionais. Os dados provieram de bases estatísticas oficiais da (RAIS-CAGED) do Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil (MTE). A partir dos resultados, demonstrou-se que tais atividades têm se caracterizado por oferecer oportunidades de inserção de jovens nas telecomunicações, porém essa inserção ocorre de duas formas: por um lado, os jovens apenas se inserem nessas atividades, por outro lado, alguns acabam profissionalizando-se. Essa diferenciação na inserção ocupacional ocorre devido não apenas à faixa etária, mas também devido à escolaridade. Os primeiros apresentam uma inserção menos sólida, embora não se possa dizer que tenham condições precárias de trabalho, enquanto que os segundos apresentam condições de emprego privilegiadas. Argumenta-se que existe a necessidade de diferenciação da categoria “jovem trabalhador” e que em atividades informacionais existe um cenário de emprego favorável para jovens, porém com capacitações exigidas pelo ramo produtivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.