Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir para o rodapé

Artigos

v. 7 n. 2 (2020): Destaques do VIII Seminário Discente do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Ruralidade contemporânea e conflito ambiental: o caso da Fazenda do Arado

Enviado
October 26, 2020
Publicado
2020-10-31

Resumo

O artigo apresenta o trabalho de conclusão de curso “A Fazenda do Arado: Conflito Ambiental e Ruralidade Contemporânea na Zona Sul de Porto Alegre” que teve por objetivo mapear atores envolvidos no conflito em torno da construção de um empreendimento urbanístico na Fazenda do Arado, localizada no Extremo Sul de Porto Alegre/RS. Parte de uma análise sociológica de conflito ambiental, baseada em procedimentos metodológicos qualitativos, para evidenciar as identidades sociais que emergiram em função da disputa entre os diferentes projetos de uso, apropriação e significação do território. Para tal, articula referenciais teóricos da Sociologia Ambiental e Rural, destacando os discursos e projetos defendidos pelos atores envolvidos. Por fim, aponta a existência de compreensões conflitantes das noções de rural e ambiente, perpassando questões de dimensão material e simbólica.


Palavras-Chave: Ruralidade; Conflito Ambiental; Fazenda do Arado; Porto Alegre.

Downloads

Não há dados estatísticos.