Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir para o rodapé

Artigos

v. 6 n. 2 (2019): Sociologias, ambientes e o debate colonial

NOTAS SOBRE A EXPANSIVIDADE DA ONTOLOGIA COLONIAL E A DEGRADAÇÃO SOCIOECOLÓGICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO.

  • Gustavo Pereira
Enviado
February 28, 2020
Publicado
2019-12-28

Resumo

Este texto visa a refletir sobre a “expansividade”, como aspecto elementar das ontologias coloniais, que as impedem de coexistirem com as demais ontologias que coabitam o planeta. Para este propósito, nos utilizamos de uma gama de analistas que buscaram interpretar a colonialidade e seus vínculos com a “crise ecológica” contemporânea. Ademais, nos utilizamos da história ambiental do estado do Espírito Santo, como exemplo didático do vínculo entre degradação socioecológica e a “expansividade das ontologias coloniais”.

Palavras-chave: ontologias; colonialidade; crise ecológic

Downloads

Não há dados estatísticos.