A reforma da educação como perícia: questões do fazer administrativo nos anos 1920 - The reform of education as expertise: make administrative issues in the 20 years

André Luiz Paulilo, Brasil.

Resumo


O principal objetivo deste texto é analisar como Carneiro Leão e Fernando de Azevedo administraram a Diretoria Geral de Instrução Pública do Distrito Federal. Ele se atém à idéia de que as reformas da educação escolar da cidade do Rio de Janeiro não foram exatamente o resultado de esquemas institucionais definidos. Em razão disso, o esforço de pesquisa vai no sentido de compreender algo do que significou dirigir a instrução pública da capital do país naquele período. O ponto central da discussão diz respeito ao modo como a educação pública do Distrito Federal foi administrada nos anos 1920.

Palavras-chave: reforma da educação, administração pública, escola, Carneiro Leão e Fernando de Azevedo.

 

THE REFORM OF EDUCATION AS EXPERTISE: MAKE ADMINISTRATIVE ISSUES IN THE 20 YEARS

Abstract

The main purpose of this paper is to analyze how Carneiro Leão and Fernando de Azevedo managed the Directorate of Public Instruction of the Federal District. It discusses the idea that the reforms of school education in the city of Rio de Janeiro were not exactly the result of institutional arrangements defined. For this reason, the research effort goes toward understand something of what meant driving public education capital of the Brazil during that time. The focus of discussion is the way public education in the Federal District was administered in 1920’ years.

Key-words: Reform of education, public administration, school, Carneiro Leão and Fernando de Azevedo.

 

LA REFORMA EDUCATIVA COMO EXPERIENCIA: PROBLEMAS EN LA DÉCADA DE 1920 DEL HACER ADMINISTRATIVO

Resumen
El objetivo principal de este trabajo es analizar cómo la Dirección General de Instrucción Pública del Distrito Federal fuera administrada por Carneiro Leão y Fernando de Azevedo. Se aferra a la idea de que las reformas de la educación escolar en la ciudad de Río de Janeiro no eran precisamente el conjunto de resultados de los arreglos institucionales. Como resultado, los esfuerzos de investigación hacia la comprensión de que significaba conducir la educación pública del capital del país en ese período. El punto focal de las preocupaciones de discusión es cómo se administró la educación pública del Distrito Federal en los años 1920.

Palabras clave: reforma de la educación, gobierno, escuela, Carneiro Leão y Fernando de Azevedo.

 

REFORME DE L'EDUCATION COMMENT EXPERTISE: PROBLEMES ADMINISTRATIF DANS LES ANNEES 1920

Résume
L'objectif principal de cet article est d'analyser comment la Direction générale de l'Instruction Publique du District Fédéral été administré pour Carneiro Leão et Fernando de Azevedo. Il s'accroche à l'idée que les réformes de l'éducation scolaire dans Rio de Janeiro n'étaient pas exactement le jeu de résultats d'arrangements institutionnels. En conséquence, l'effort de recherche est à comprendre quelque chose qui signifiait la conduite d'enseignement public du pays pendant cette période. Le point focal de discussion concerne la façon dont l'enseignement public du district fédéral a été administré dans les années 1920.

Mots-clé: réforme de l'éducation, administration publique, scolaires, Carneiro Leão et Fernando de Azevedo


Palavras-chave


Reforma da educação, administração pública, escola, Carneiro Leão e Fernando de Azevedo

Texto completo:

PDF English (English)

Referências


AZEVEDO, Fernando de. A reforma do ensino no Districto Federal: discursos e entrevistas. São Paulo: Melhoramentos, 1929.

AZEVEDO, Fernando de A educação pública em S. Paulo: problemas e discussões: inquérito para o Estado de S. Paulo em 1926. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1937.

BRANDÃO, Zaia. Paschoal Lemme, marxista e pioneiro da educação nova. In: FREITAS, Marcos Cezar de. Memória intelectual da educação brasileira. Bragança Paulista: Edusf, 1999, p. 49-61.

CAPELATO, Maria Helena. Os arautos do liberalismo: imprensa paulista, 1920-1945. São Paulo: Brasiliense, 1989, p. 140-149.

CARDOSO, Irene. A universidade da comunhão paulista. São Paulo: Cortez, 1982.

CARNEIRO LEÃO, Antônio. O Brazil e a educação popular. Rio de janeiro: Typ. do Jornal do Commercio, 1917.

CARNEIRO LEÃO, Antônio. O ensino na capital do Brasil. Rio de janeiro: Typ. do Jornal do Commercio, 1926.

CARNEIRO LEÃO, Antônio. Planejar e agir. Rio de Janeiro: Jornal do Commercio, 1942.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. A escola e a República. São Paulo: Brasiliense, 1989a.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. Notas para reavaliação do movimento educacional brasileiro (1920-1930). Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 66, 1988, p. 4-11.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. O novo, o velho, o perigoso: relendo “A Cultura Brasileira”. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 71, 1989b, p. 29-35.

CURY, Carlos R. Jamil. Ideologia e educação brasileira: católicos e liberais. São Paulo: Cortez; Campinas: Autores Associados, 1978.

HANNA MATE, Cecília. Tempos modernos na escola: os anos 30 e a racionalização da educação brasileira. Bauru: Edusc; Brasília: Inep, 2002.

MENDES, Dumerval Trigueiro. Prefácio. In: PENNA, Maria Luiza. Fernando de Azevedo: educação e transformação. São Paulo, Perspectiva, 1987, p. XIII-XIX.

MENDONÇA, Sandra Cabral. Carneiro Leão: sonhos e frustrações na Diretoria de Instrução Pública do Distrito Federal (1922-1926). Rio de Janeiro: PUCRJ, 1997. 70f. Dissertação (mestrado em Educação). Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

NAGLE, Jorge. Educação e sociedade na Primeira República. São Paulo: EPU; Rio de Janeiro: Fundação Nacional do Material Escolar, 1974.

NUNES, Clarice. A escola redescobre a cidade: reinterpretação da modernidade pedagógica no espaço urbano carioca (1910-1935). Niterói: UFF, 1993. 227f. Tese (concurso para professor titular em História da Educação). Departamento de Fundamentos Pedagógicos, Universidade Federal Fluminense.

NUNES, Clarice. Cultura escolar, modernidade pedagógica e política educacional no espaço urbano carioca. In: HERSHMANN, Micael (org.). Missionários do progresso. Rio de Janeiro: Diadorim, 1996, p. 115-224.

NUNES, Clarice. História da educação brasileira: novas abordagens de velhos objetos. Teoria & Educação, n. 6, 1992, p. 151-182.

PAGNI, Pedro Angelo. Do Manifesto de 1932 à construção de um saber pedagógico: ensaiando um diálogo entre Fernando de Azevedo e Anísio Teixeira. Ijuí: Unijuí, 2000.

PENNA, Maria Luiza. Fernando de Azevedo: educação e transformação. São Paulo, Perspectiva, 1987.

RATO, Catherine Laurence Marguerite Carrieres. Fernando de Azevedo: sua contribuição à educação brasileira. Rio de Janeiro: UFRJ, 1980. 130f. Dissertação (mestrado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

ROCHA, Marlos Bessa Mendes da. Matrizes da modernidade republicana: cultura política e pensamento educacional no Brasil. Campinas: Autores Associados; Brasília: Plano, 2004.

SAVIANI, Dermeval. A filosofia da educação e o problema da inovação em educação. In: GARCIA, Walter Esteves. Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. Campinas: Autores Associados, 1995, p. 17-31.

SAVIANI, Dermeval. Educação e democracia. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1983.

VIDAL, Diana. Escola nova e processo educativo. In: LOPES, Eliane Marta Teixeira; FARIA FILHO, Luciano Mendes; VEIGA, Cynthia Greive (org.). 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2000, p. 497-517.

WARDE, Mirian Jorge. Legado e legatários: questões sobre o Manifesto dos pioneiros da educação nova. In. XAVIER, Maria do Carmo (org.). Manifesto dos pioneiros da educação: um legado educacional em debate. Rio de Janeiro: FGV, 2004, p. 221-240.

ZENTGRAF, Maria Christina Santos Rocha. Projetos pedagógicos na Primeira República Brasileira: a contribuição de Antônio Carneiro Leão. Rio de Janeiro: UFRJ, 1994. 210f. Tese (doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';



====================================================================

REVISTA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO / HISTORY EDUCATION JOURNAL

QUALIS/CAPES 2016: Educação - A1 / Ensino - A1 / História - A2 / Interdisciplinar - A2 / Direito - A2 / Linguística e Literatura - B1 / Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo - B1

ISSN online: 2236-3459

E-mail: rhe.asphe@gmail.com

Facebook RHE

Twitter RHE 

Google + (Plus) 

Academia RHE

Linkedin RHE


INDEXADORES / INDEXERS

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

Dialnet - Fundación Dialnet

Doaj - Directory of Open Access Journals

Educ@ Scielo FCC - Indexador online de periódicos na área da Educação

EZB - Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Electronic Journals Library)

Google Acadêmico - Google Scholar

Latindex - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

LatinRev - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades

OEI - Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciência y la Cultura - Biblioteca Digital

Periódicos Capes - Portal de Periódicos Capes / MEC

PKP - Public Knowledge Project

Qualis Periódicos - Plataforma Sucupira

Redalyc - Sistema de Información Científica Redalyc / Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

Redib - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico

Scielo - Scientific Electronic Library Online

Scopus - Abstract and citation database of peer-reviewed literature: scientific journals, books and conference proceedings

SJR - Scimago Journal & Country Ranking

Sumários.org - Sumários de Revistas Brasileiras

 

PATROCINADORES / SPONSORS

Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação - Asphe

Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Universidade de Caxias do Sul - UCS

Universidad Complutense de Madrid / España - UCM

 

AGÊNCIAS DE FOMENTO

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes