Desenvolvimento e caracterização de concreto sustentável com resíduos de conchas marinhas

Autores

Palavras-chave:

Concha marinha, Concreto, Rugosidade, Agregado, Resíduo

Resumo

As atividades de mariscagem e malacocultura produzem uma grande quantidade de resíduos sólidos compostos por conchas marinhas. O impacto ambiental do descarte inadequado pode ser atenuado com estratégias de reaproveitamento. O objetivo deste trabalho é investigar a viabilidade do uso de resíduo de conchas marinhas com substituintes parciais de agregados no concreto. As características físicas do agregado reciclado foram investigadas através das técnicas de Microscopia de Força Atômica (MFA) e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) a fim de esclarecer aspectos da superfície de contato com a pasta; as características químicas e mineralógicas foram investigadas por meio dos ensaios de fluorescência de raios-X e difração de raios-X; e o ensaio de resistência à compressão foi conduzido em amostras de concreto foram moldadas para avaliação do comportamento destes materiais .do comportamento destes materiais como agregado (concha tipo A) e fíler (concha tipo B). Concluiu-se que o uso de até 20% de substituição de concha marinha como agregado graúdo e 10% como filer mostrou viabilidade para aplicações em concretos estruturais e, de forma complementar, teores de até 30% podem ser direcionados à concretos não estruturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábia Kamilly Gomes de Andrade, Universidade de Pernambuco

Doutora em Estruturas pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). É mestre e graduada em engenharia civil pela Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco (POLI/UPE). Trabalhou 4 anos, ministrando aula em curso técnico de edificações e, atualmente, ministra aulas no ensino superior para os cursos de Arquitetura e Engenharia Civil na UniFBV/Wyden em Recife. Foi coordenadora do escritório modelo do curso de Arquitetura e Urbanismo na UNIFBV Wyden. Trabalha com projetos particulares de instalações de prevenção e combate a incêndio e de instalações hidrossanitárias. Tem experiência em obra nos setores de produção e de projetos pela Odebrecht Realizações Imobiliárias negócio Reserva do Paiva.

Roberto Revoredo de Almeida Filho , Universidade de Pernambuco

Graduado em Engenharia Civil em 2020 pela Universidade de Pernambuco - UPE. Pós-graduando em Engenharia de Segurança do Trabalho na Escola Politécnica de Pernambuco - POLI/UPE. Pesquisador do Laboratório de Segurança e Higiene do Trabalho - LSHT desde 2018 e colaborador técnico do mesmo desde 2020. Tem experiência nas áreas de Engenharia Civil e Engenharia de Segurança, com ênfase em Componentes de Construção e Auditorias Sistemáticas de Segurança do Trabalho.

Felipe Mendes da Cruz, Universidade de Pernambuco

Atualmente é professor adjunto da UPE ministrando a disciplina de engenharia de segurança do trabalho na graduação. Bem como, professor de laudos e perícias no curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho e Higiene Ocupacional. Está como coordenador do curso de Especialização em Engenharia Urbana da UPE e professor da disciplina de segurança do trabalho em obras públicas. Pertence ao quadro de docentes do Programa de Mestrado em Construção Civil da POLI (PEC/POLI). É integrante do Núcleo de Segurança e Higiene do Trabalho/NSHT, com atuação no desenvolvimento de pesquisas na área de gerenciamento de riscos em processo industriais e construção civil. Também é professor colaborador da equipe SOLDAMAT do Instituto de Tecnologia de Materiais - INTM da UFPE na área de segurança dos materiais. Compõe o corpo editorial da Revista de Engenharia e Pesquisa Aplicada/REPA. É revisor da Safety Science Journal. Quanto a formação, é graduado em Engenharia Agrícola e Ambiental pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Escola Politécnica de Pernambuco (POLI - UPE), Mestre em Engenharia Civil na linha de pesquisa de segurança na construção civil pela Escola Politécnica de Pernambuco (POLI-UPE). Doutor em Engenharia Industrial e de Sistemas pela Universidade do Minho (UMINHO - PT).

Downloads

Publicado

11.01.2024

Como Citar

LEITE , L. P.; ANDRADE, F. K. G. de; ESTOLANO, A. M. L.; ALMEIDA FILHO , R. R. de; CRUZ, F. M. da; LIMA, V. M. E. de. Desenvolvimento e caracterização de concreto sustentável com resíduos de conchas marinhas. Ambiente Construído, [S. l.], v. 24, 2024. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/ambienteconstruido/article/view/131502. Acesso em: 14 abr. 2024.