Transgressões no campo da Ciência da Informação: abordagens de uma prática científica em permanente constituição

Autores

  • Meri Nadia Marques Gerlin Ufes
  • Elmira Luzia Melo Soares Simeão UnB

DOI:

https://doi.org/10.19132/1808-5245232.34-58

Palavras-chave:

Ciência da Informação. Interdisciplinaridade. Transdiciplinaridade. Transgressão disciplinar.

Resumo

O estudo apresenta conceitos ligados à disciplinaridade no campo da Ciência da Informação, assim como, inicia uma discussão em torno da natureza interdisciplinar dessa ciência atravessada pela transgressão metodológica. Reflete sobre a capacidade de interação com outras disciplinas que a atravessam, buscando, com isso, obter soluções de problemas perante a composição de seu objeto: a informação. Para tanto, dialoga-se com autores como Le Coadic, Bicalho e Oliveira, Francelin, Japiassú, Marques, Morin, Pinheiro, Tálamo e Smit. Considera-se que compreender como se deram as transgressões disciplinares no campo da Ciência da Informação torna-se condição essencial para dar conta de pensar a relação inter, multi e, principalmente, transdisciplinar necessária à manutenção de uma prática científica em permanente constituição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Meri Nadia Marques Gerlin, Ufes

Doutora, professora do Departamento de Biblioteconomia do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas da Ufes.

Elmira Luzia Melo Soares Simeão, UnB

Doutora, professora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Faculdade de Ciências da Informação (FCI) da UnB.

Downloads

Publicado

2017-04-26

Como Citar

GERLIN, M. N. M.; SIMEÃO, E. L. M. S. Transgressões no campo da Ciência da Informação: abordagens de uma prática científica em permanente constituição. Em Questão, Porto Alegre, v. 23, n. 2, p. 34–58, 2017. DOI: 10.19132/1808-5245232.34-58. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/58930. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos