OS IMPACTOS DA INTERPRETAÇÃO TÉCNICA ICPC 14 PARA AS ENTIDADES COOPERATIVAS: UMA APLICAÇÃO PRÁTICA

Autores

  • Debora Rosa Rodrigues Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Denise Mendes da Silva Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Palavras-chave:

Cooperativas. Harmonização Contábil. ICPC 14.

Resumo

Entidades cooperativas são caracterizadas pela união de pessoas que desfrutam de interesses econômicos ou sociais comuns. Um fator impactante na contabilidade destas instituições é a aprovação da Interpretação Técnica do Comitê de Pronunciamentos Contábeis número 14 (ICPC 14), que define novos métodos de classificação das cotas dos cooperados. Assim, o objetivo deste estudo é analisar quais serão os potenciais impactos causados pela aplicação da ICPC 14, que entrará em vigor a partir de 2016, para uma Sociedade Cooperativa de Crédito. Para atingir este objetivo, procedeu-se com a análise de caso e pesquisa documental em uma Cooperativa de Crédito do Triângulo Mineiro, confrontando os pressupostos da ICPC 14 com as implicações do Índice de Basiléia. O Índice de Basiléia é um conceito internacional relacionado a adequações de capital, às quais as instituições financeiras devem estar sempre atentas. Trata-se de um estudo teórico-empírico, com abordagem qualitativa e quantitativa. Primeiramente foi calculado o Índice de Basiléia sem aplicação da ICPC 14 e, posteriormente, com a aplicação da mesma, considerando-se, inclusive, qual seria o Patrimônio Líquido necessário para se atingir o Índice de Basiléia mínimo. Concluiu-se que podem existir impactos significativos, caso as cooperativas não apresentem nenhum respaldo em estatuto ou normativos internos, porém, como a cooperativa estudada apresenta limitações temporais, quantitativas, de estabilidade financeira e de não violação de normativos, previstas em seu estatuto, os impactos, neste caso específico, serão menos significativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Debora Rosa Rodrigues, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Bacharel em Ciências Contábeis pela Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Uberlândia (FACIC/UFU).

Denise Mendes da Silva, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Doutoranda no Programa de Pós Graduação em Controladoria e Contabilidade da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP/USP); Mestre em Contabilidade pela FEARP/USP; docente da Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Uberlândia (FACIC/UFU).

Downloads

Publicado

2015-04-30

Como Citar

RODRIGUES, D. R.; SILVA, D. M. da. OS IMPACTOS DA INTERPRETAÇÃO TÉCNICA ICPC 14 PARA AS ENTIDADES COOPERATIVAS: UMA APLICAÇÃO PRÁTICA. ConTexto - Contabilidade em Texto, Porto Alegre, v. 15, n. 29, 2015. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/ConTexto/article/view/44820. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.