ANÁLISE DE DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS DE MODO A IDENTIFICAR AS ALTERAÇÕES NA EVIDENCIAÇÃO DOS ATIVOS INTANGÍVEIS EM FUNÇÃO DA LEI Nº 11.638/07

Autores

  • Deisy Cristina Corrêa Igarashi UNIOESTE
  • Francieli Camila Tognon UNIOESTE
  • Wagner Igarashi UNIOESTE

Palavras-chave:

Demonstrativos financeiros, Ativos intangíveis, Lei nº 11.638/07

Resumo

Com a internacionalização das normas contábeis, no Brasil foi publicada a Lei n° 11.638/07, a qual criou o grupo intangível no ativo do balanço patrimonial. Este estudo tem por objetivo analisar as alterações em termos da evidenciação dos ativos intangíveis, nos demonstrativos contábeis das dez empresas com maior capital social divulgadas pela BM&FBOVESPA no ano de 2010, em comparação com os elementos evidenciados anterior a Lei nº 11.638/07. No estudo foram utilizados alguns procedimentos metodológicos como a análise de conteúdo realizada nos demonstrativos financeiros: Balanço Patrimonial, Notas Explicativas e Relatório da Administração. Como resultado, observou-se que: (a) as empresas “A” e “I” possuem a maior variedade de intangíveis evidenciados nos demonstrativos; (b) os tipos de intangíveis mais evidenciados no período foram “Franquias e licenças”, “Software” e “Ágio por expectativa de rentabilidade futura”; e (c) “Marcas” foi o intangível mais evidenciado implicitamente nos relatórios de administração das entidades em estudo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deisy Cristina Corrêa Igarashi, UNIOESTE

Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Maringá (2001), mestrado em Engenharia de Produção e também em Contabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003) (2007) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Atualmente é professora no Centro de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Tem experiência acadêmica e empresarial na área de Ciências Contábeis, com ênfase em Contabilidade Gerencial, atuando principalmente nos seguintes temas: contabilidade gerencial, controles de gestão e avaliação de desempenho.

Francieli Camila Tognon, UNIOESTE

Graduada em Ciëncias contábeis pela UNIOESTE em 2011

Wagner Igarashi, UNIOESTE

Possui graduação em Informática pela Universidade Estadual de Maringá (2001), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005) e doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Atualmente é professor adjunto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Tem experiência na área acadêmica e profissional de Ciência da Computação, atuando principalmente nos seguintes temas: data warehouse, recuperação de informações, tecnologia da informação, aprendizagem organizacional e gestão do conhecimento.

Downloads

Publicado

2011-04-14

Como Citar

IGARASHI, D. C. C.; TOGNON, F. C.; IGARASHI, W. ANÁLISE DE DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS DE MODO A IDENTIFICAR AS ALTERAÇÕES NA EVIDENCIAÇÃO DOS ATIVOS INTANGÍVEIS EM FUNÇÃO DA LEI Nº 11.638/07. ConTexto - Contabilidade em Texto, Porto Alegre, v. 11, n. 19, p. 77–88, 2011. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/ConTexto/article/view/19097. Acesso em: 15 ago. 2022.