A experiência do educar para o sensível no ambiente escolar: ações e reações dentro e fora da escola do PIBID Pedagogia anos iniciais.

Autores

  • Victória Jantsch Kroth Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Francielle Rodrigues Assunção Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Gabriela Gonçalves Neto Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Stephanie Ferrugem Piovezan Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Daniele Noal Gai
  • Dóris Bittencourt Almeida

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.68345

Resumo

Vivenciar a prática da docência durante a licenciatura é um dos maiores sonhos e desafios para os graduandos, visto que contribui imensamente na sua formação. A partir da implementação do subprojeto PIBID Pedagogia Anos Iniciais/UFRGS, que se propõe a trabalhar a diversidade cultural, emergiu a possibilidade de trabalharmos o tema da educação do sensível dentro da escola contemplada. Junto a isso, em razão dos 50 anos de fundação da escola, aliamos o tema sensível à história da Anne Frank, personagem que dá nome à escola atendida. Neste artigo, procuramos apresentar algumas atividades realizadas, evidenciando que a prática da docência compartilhada, desenvolvida durante as aulas do PIBID, proporciona uma maior interação entre alunos, professores e graduandas de Pedagogia, além de como esse tema vem provocando singelas, mas importantes mudanças para a formação de todos os envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-09-27

Como Citar

KROTH, V. J.; ASSUNÇÃO, F. R.; NETO, G. G.; PIOVEZAN, S. F.; GAI, D. N.; ALMEIDA, D. B. A experiência do educar para o sensível no ambiente escolar: ações e reações dentro e fora da escola do PIBID Pedagogia anos iniciais. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 30, n. 1-2, 2017. DOI: 10.22456/2595-4377.68345. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/68345. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Relatos de Experiência