As políticas públicas de educação e o ensino médio maranhense

Autores

  • Diana Barreto Costa Universidade Estadual do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.5005

Palavras-chave:

Educação, Políticas públicas, Qualidade, Ensino Médio, Maranhão.

Resumo

Buscou-se na história da Educação do Brasil, e mais especificamente nas políticas públicas de educação do Maranhão desde a gestão da então governadora Roseana Sarney, os impactos dessas políticas na qualidade do ensino médio de Imperatriz-Maranhão. A investigação revelou as precárias condições do sistema educacional do Estado. Dentre as causas destaco o freqüente adiamento do início do ano letivo, as constantes ameaças e deflagração de greves, as frágeis e não planejadas estratégias para a contratação de professores, a inexistência de projeto político-pedagógico em muitas escolas. Este estudo mostra que é possível resgatar a cidadania dos jovens através da otimização da qualidade da educação nas escolas públicas do Maranhão. A investigação resultou na elaboração de recomendações políticas, metodológicas, pedagógicas e educacionais para os envolvidos com a educação do Estado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diana Barreto Costa, Universidade Estadual do Maranhão

Professora efetiva do Departamento de Letras do Centro de Estudos Superiores de Imperatriz - CESI/UEMA desde 1995. Tem Mestrado e Doutorado em Ciências da Educação.

Downloads

Publicado

2008-04-06

Como Citar

COSTA, D. B. As políticas públicas de educação e o ensino médio maranhense. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 21, n. 1, 2008. DOI: 10.22456/2595-4377.5005. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/5005. Acesso em: 12 ago. 2022.