Análise da interdisciplinaridade e transversalidade da educação ambiental no ensino médio da rede pública estadual do Rio de Janeiro: um estudo de caso.

Autores

  • Patrícia Sacramento Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Flávia Monteiro de Barros Araujo Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis
  • Giselle Roças Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.4802

Palavras-chave:

educação ambiental, currículo escolar, ensino médio, interdisciplinaridade.

Resumo

Nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) há um entendimento que a Educação Ambiental (EA) deva ser contemplada em todas as áreas curriculares, além de informar o discurso dos professores, permitindo que todos sejam capazes de perceber a dimensão interdisciplinar e a transversal desse tema. Nas diretrizes curriculares da Rede Pública Estadual de Ensino do Rio de Janeiro detectamos a preocupação com a discussão de questões ambientais. Entretanto, não sabemos como a EA é contemplada no currículo das escolas públicas, nem qual o envolvimento dos professores nessas possíveis ações ambientais. Nesta perspectiva, foi realizado um estudo de caso com uma escola pública de ensino médio, com o objetivo de identificar quais as percepções e vivências que os professores tem acerca do tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Sacramento, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Aluna do Curso de Licenciatura de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Bolsista de Iniciação Científica do CEFET de Química de Nilópolis/RJ.

Flávia Monteiro de Barros Araujo, Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis

Possui Mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1998) e Doutorado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2006). Atualmente é professora adjunta I do Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis, integrando o corpo docente do Mestrado Profissional de Ensino de Ciências. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: currículo e políticas públicas.

Giselle Roças, Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis

Doutora em Ciências Biológicas (Área Ecologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenadora do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências do Centro Federal de Educação Tecnológica de Nilópolis/Rio

Downloads

Publicado

2008-04-06

Como Citar

SACRAMENTO, P.; MONTEIRO DE BARROS ARAUJO, F.; ROÇAS, G. Análise da interdisciplinaridade e transversalidade da educação ambiental no ensino médio da rede pública estadual do Rio de Janeiro: um estudo de caso. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 21, n. 1, 2008. DOI: 10.22456/2595-4377.4802. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/4802. Acesso em: 18 ago. 2022.