Produtos culturais e redes sociais na sala de aula

Autores

  • José Ribamar Lopes Batista Júnior Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.23971

Resumo

Neste trabalho, relatamos uma experiência de uso de mídias digitais no ensino de língua materna com alunos do ensino médio profissionalizante do Colégio Agrícola de Floriano/UFPI. O projeto teve por objetivo desenvolver práticas de leitura e escrita dos alunos a partir da utilização de produtos culturais (CD, DVD, filme e livro) e de redes sociais (blog, twitter, youtube) como espaços de acesso e produção de diversos gêneros textuais e digitais (sinopses, fichas técnicas, resenhas, trailers, propagandas, posts, tweets etc.). Assim, o projeto consistiu na integração dessas mídias digitais como recurso pedagógico no ensino de língua portuguesa, compreendendo os seguintes procedimentos: i) levantamento e escolha dos produtos culturais; ii) exibição/leitura dos produtos; iii) elaboração, correção e reescritura de textos; e iv) produção e apresentação de vídeos sobre os produtos. Na perspectiva do ensino de língua portuguesa, trabalhamos elementos de textualidade, o resumo, a argumentação, a expressão verbal, a produção e mobilização de vários saberes que favorecem a qualificação das práticas de leitura e escrita. Além disso, o significativo interesse e motivação dos alunos revelaram as possibilidades/potencialidades do uso das mídias digitais no processo ensino-aprendizagem, especialmente a internet e suas ferramentas, instrumentos cada vez mais presentes no cotidiano dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-11-10

Como Citar

BATISTA JÚNIOR, J. R. L. Produtos culturais e redes sociais na sala de aula. Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 24, n. 2, 2011. DOI: 10.22456/2595-4377.23971. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/CadernosdoAplicacao/article/view/23971. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Temática especial