Exercício físico no tratamento de fibrose de cística em crianças: Uma revisão sistemática

Authors

  • Eliane Mattana Griebler Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Mauricio da Silva César Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Saúde da Criança, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil
  • Débora Gaspary de Azeredo Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Saúde da Criança, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil
  • Paulo José Cauduro Marostica Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Saúde da Criança, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil
  • Ângela d'Avila Harthmann Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional, Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Keywords:

Fibrose cística, criança, exercício físico

Abstract

Evidências mostram que o exercício físico gera efeito positivos em indivíduos com fibrose cística, melhorando o prognóstico, a qualidade de vida e reduzindo o número de internações. O estudo se caracteriza como qualitativo e de revisão sistemática. A partir dos descritores “fibrose cística”, “criança” e “exercício físico” realizou-se uma busca por artigos nas bases de dados do Portal de Periódicos da CAPES e Medline/PubMed. Desta busca originaram-se inicialmente 125 artigos. Após refinamento, foram selecionados 14 artigos que se adequaram aos critérios propostos pela pesquisa. Utilizou-se como critérios de inclusão a leitura prévia dos resumos, nos quais deveriam conter informações referentes à utilização do exercício físico como tratamento da fibrose cística, ser um estudo com população alvo ≤ 20 anos de idade e que utilizassem protocolo validado de exercícios físicos. Os artigos encontrados trazem relatos dos benefícios da prática regular de exercícios físicos no tratamento efetivo de pacientes com fibrose cística na infância e adolescência. Os achados são referentes à melhora da capacidade cardiorrespiratória, da postura, além de outros benefícios como aumentos na autoestima e na qualidade de vida destes indivíduos. Grande parte dos trabalhos avaliam o efeito do exercício físico a curto prazo, demonstrando que os dados oriundos dos estudos atuais são escassos e que são  necessários mais estudos para maior esclarecimento do tema. 

Palavras-chave: Fibrose cística; criança; exercício físico

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Eliane Mattana Griebler, Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mestre em Saúde Coletiva
Residente Multiprofissional no Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mauricio da Silva César, Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Saúde da Criança, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Saúde da Criança, Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Porto Alegre, RS, Brasil

Débora Gaspary de Azeredo, Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Saúde da Criança, Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Saúde da Criança, Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Porto Alegre, RS, Brasil

Ângela d'Avila Harthmann, Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional, Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Porto Alegre, RS, Brasil

Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional, Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Porto Alegre, RS, Brasil

Published

2019-06-28

How to Cite

1.
Griebler EM, César M da S, de Azeredo DG, Marostica PJC, Harthmann Ângela d’Avila. Exercício físico no tratamento de fibrose de cística em crianças: Uma revisão sistemática. Clin Biomed Res [Internet]. 2019Jun.28 [cited 2022May20];39(1). Available from: https://seer.ufrgs.br/index.php/hcpa/article/view/87156

Issue

Section

Systematic Review