Os Saberes Históricos em Situação Escolar: circulação, transformação e adaptação

Nicole Lautier

Resumo


Os saberes históricos ensinados e aprendidos no âmbito de uma situação escolar possuem ao menos um ponto comum com a história acadêmica: eles mobilizam uma mesma compreensão fenomenológica. A partir da análise do ensino de instituições e de acontecimentos, este estudo descreve alguns dos principais processos cognitivos – seleção de informação, interpretação figurativa, recursos à analogia e à metáfora – ancorados em esquemas de pensamento familiar aos alunos, que lhes permitem se apropriarem dos conhecimentos históricos. Considerando que a responsabilidade de uma aprendizagem escolar de história mobiliza igualmente outros registros de pensamento, a análise aponta alguns temas recorrentes que constituem momentos fortes onde os professores confrontam lógicas identitárias com hábitos e constrangimentos da situação didática.


Palavras-chave


Epistemologia. História. Representações Sociais. Aprendizagem. Identidade Profissional.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Educação & Realidade - ISSN 0100-3143 (impresso) e 2175-6236 (online)

 

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Apoio e Indexação:

LATINDEX

 

Crossref Similarity Check logo