Avaliação experimental dos fatores de influência na aderência de revestimentos de gesso em pasta

Angelo Just da Costa e Silva, João Manuel do Paço Quesado Delgado, Antônio Augusto Costa de Azevedo

Resumo


O uso de pastas de gesso como revestimento de paredes internas é uma das técnicas mais comumente empregadas em obras no Brasil, geralmente efetuado em pequenas espessuras por meio de aplicação manual ou, ainda em menor espessura, por projeção mecânica. O presente trabalho objetivou avaliar experimentalmente a resistência de aderência de revestimentos executados em pasta de gesso com aplicação manual em diferentes substratos e alturas de aplicação. Como variáveis foram testados quatro tipos de blocos (blocos cerâmicos e de concreto, com função de vedação e estruturais), duas profundidades de ensaio da pasta (superficial e com cortes até o substrato) e três alturas de aplicação (até 0,6 m; entre 0,6 m e 1,2 m; e acima de 1,2 m). Os resultados apontaram a forte influência da base e da profundidade de corte na aderência, o que não foi encontrado na altura de aplicação do revestimento (ergonomia), em decorrência do natural processo de aplicação da pasta de gesso efetuado com pressão da massa sobre a parede.


Palavras-chave


paste de gesso; aderência; ergonomia; base

Texto completo:

HTML




Direitos autorais 2021 Ambiente Construído

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexado em: