Furando com o indicador um panorama: um cruzamento do Arroio Dilúvio e Guaíba com o Turia

Maria Ivone dos Santos, Cláudia Zanatta, Joubert Vidor, Alexandre Nicolodi e Ronaldo Dimer Ferreira

Resumo


Este texto busca explorar as profundidades da imagem
panorâmica obtida a partir da ação premeditada e realizada
pelo grupo em questão sobre uma das pontes do Arroio
Dilúvio em Porto Alegre, em 2007. Revela pontos de vista
subjetivos e ambivalentes deste lugar bem como introduz
um enfoque sobre a ponte Ademuz do Turia, em Valencia,
dando assim prosseguimento aos objetivos do projeto “As
extensões da Memória: a experiência artística e outros
espaços”. Como trazer a tona os enfoques políticos e
conflitivos destes contextos urbanos e de suas respectivas
realidades? De que forma abrir a superfície líquida da imagem
à miríade de possibilidades, penetrá-la, interrogá-la, mas
também devolvê-la como espaço público às cidades de Porto
Alegre e de Valencia, que se encontravam implicadas nesta
ação?

Palavras-chave


Panorama; Imagem fixa; imagem em movimento; cidade; pontos de vista; político.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.14702

Direitos autorais 2010 Maria Ivone dos Santos, Cláudia Zanatta, Joubert Vidor, Alexandre Nicolodi e Ronaldo Dimer Ferreira

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo