A diplomacia do twitter no governo Temer – os primeiros apontamentos

PABLO VICTOR FONTES, Allan Santos Santos

Resumo


Esse trabalho analisa o fenômeno da diplomacia digital, mais especificamente, a atuação da diplomacia brasileira no Twitter. Parte-se da hipótese de que como consequência das mudanças ocorridas na política externa a partir das novas tecnologias da informação, o Twitter se apresenta como um eficiente canal de comunicação e de disseminação de informações diplomáticas na contemporaneidade. Para verificar tal proposição, serão analisadas seis postagens do Ministério das Relações Exteriores no Twitter em repúdio às manifestações de alguns governos da América Latina contra o impeachment da Presidente da República, Dilma Rousseff.Questiona-se: como estaria a diplomacia brasileira no governo do Presidente interino, Michel Temer, compatibilizando as novas tecnologias, a disseminação instantânea de informações entre governos e a comunicação entre os cidadãos de todo o mundo?

Palavras-chave


Política Externa, Diplomacia Digital, Governo Temer

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.71024



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS