Onde foi parar a Internet nos discursos do Brasil na Assembleia Geral da ONU em 2015 e 2016?

Diego Rafael Canabarro

Resumo


Depois da reação a Snowden em 2013 e 2014, nenhuma palavra foi proferida sobre o assunto por Dilma Rousseff na Assembleia Geral da ONU em 2015. Em 2016, o atual presidente repetiu a lacuna. Parcialmente, pelas mesmas razões que explicam 2015. Entretanto, se a conjuntura abona a lacuna de 2015, o mesmo não vale para 2016. Palavras-chave: Nações Unidas; Caso Snowden; Governança da Internet.


Palavras-chave


Nações Unidas; Caso Snowden; Governança da Internet

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.68339



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS