Reflexões acerca da primeira década da União Africana: da transformação a atuação no Burundi, no Sudão e na Somália

Anselmo Otavio, Nilton César Fernandes Cardoso

Resumo


O artigo busca compreender a atuação da União Africana (UA) no campo securitário em sua primeira década de existência (2002-2012) e defender a hipótese de que, mesmo havendo alterações na estrutura da organização em referência, feito que lhe garante maior dinamismo na resolução de conflitos, em verdade sua capacidade de atuação é afetada pela falta de mão-de-obra qualificada e mantem-se dependente dos recursos advindos de parceiros externos ao continente.

 


Palavras-chave


Organização da Unidade Africana; União Africana; Missões de paz

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.46736



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS