RUPTURA POLÍTICA NO SUDÃO DO SUL: AS NAÇÕES UNIDAS E UM NOVO DESAFIO À SEGURANÇA HUMANA (2014 - 2018)

Daniel Mendes Aguiar Santos

Resumo


Trata-se de um estudo de caso que examina o contexto da ruptura política ocorrida no Sudão do Sul (2013), destacando os seus efeitos para a segurança humana, e analisa a resposta das Nações Unidas, com enfoque na proteção de civis, no período 2014-2018. A investigação adota um desenho de pesquisa baseado em uma perspectiva qualitativa, operacionalizada por meio de um método hipotético-dedutivo. Como dividendos, são indicadas condicionantes a serem observadas, na consecução de políticas e estratégias, para mitigar processos de violência e atrocidades em massa.

Palavras-chave


Sudão do Sul; Nações Unidas; Segurança Humana.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2448-3923.91497

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Estudos Africanos (RBEA)

e-ISSN 2448-3923; ISSN 2448-3907

Publicação do CEBRAFRICA/UFRGS