FEMINILIDADE NO INTERIOR DO PARANÁ: A MULHER NA SOCIEDADE PRUDENTOPOLITANTA ATRAVÉS DO JORNAL PRÁCIA E SUA COLUNA “PARA A DONA DE CASA” (1963-1995)

Autores

  • Henrique Schlumberger Vitchmichen Mestre em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Palavras-chave:

História e imprensa

Resumo

RESUMO

A imprensa ucraniano-brasileira é desde sua formação um dos aparatos mais importantes para a manutenção dos costumes e ritos ucranianos no Brasil.  Entre os vários jornais veiculados por essa imprensa salientamos aqui o Prácia e sua trajetória. Em circulação desde 1912 o jornal foi e ainda continua sendo escrito e veiculado pela comunidade religiosa de Prudentópolis, mais especificamente a igreja católica ucraniana do rito oriental. Objetivando a manutenção dos costumes e tradições religiosas dentro da comunidade de Prudentópolis, a igreja utilizou o jornal como ferramenta de divulgação dessas condutas morais entre os habitantes, portanto a coluna intitulada “Para a dona de casa”, veiculada nos anos de 1963 a 1995, fornecia inúmeras recomendações de como a mulher dona de casa deveria se portar levando em conta sua função social dentro da comunidade em questão. Dito isso, a partir de autores como Patrick Charaudeau, Eliane Lupepsa Costenaro, Tania de Luca, Sandra Mara Tenchena, entre outros  que abordem tanto questões a respeito da feminilidade e do papel da mulher na comunidade de Prudentópolis, assim como outros debates sobre a imprensa imigrante, busca-se pensar quais eram os discursos produzidos para essas mulheres através do jornal e qual seria a sua posição ideal na sociedade, levando em conta os preceitos e valores sócio religiosos da época.

Palavras-chave: Prácia. Ucranianos. Imprensa. Mulheres.

 

ABSTRACT

The Ukrainian press is since its formation one of the most important apparatus for the maintenance of the Ukrainians costumes and rites in Brazil, amongst the many newspapers served in this press we here focus on the Prácia and its trajectory. In circulation since 1912 the newspaper was and still continues to be writen and served by the religious community of Prudentópolis, more especifically the cattolic Ukrainian church of the eastern rite. Focusing on the maintenance of costumes and religious traditions inside the community of Prudentópolis, the church utilized the newspaper as a tool for the disclosure of these moral conduts amongst the population, therefore the column “Para a dona de casa”, veiculated in the years of 1963 to 1995, provided innumerable recomendations of how the housewife should behave, taking into account her social function inside the comunnity in question. That said, we here search to analyze wich where the speeches produced for those women through the newspaper and which was their ideal position in the society, taking into account the precepts and religious and social values of the time. That said, through autors such as Patrick Charaudeau, Eliane Lupepsa Costenaro, Angelica Tania de Luca, Sandra Mara Tenchena, amongst others that deals with questions about femininity and the role of the women in the community of Prudentópolis, as well as others debates about the immigrant press, it is sought to think wich were the produced discourses for this women through the newspaper and which would be their ideal position in the society, taking into account the socio-religious precepts ot the time.

Keywords: Prácia. Ukrainians. Press. Women.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Schlumberger Vitchmichen, Mestre em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Mestre em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e bolsista CAPES. Graduado em Licenciatura História pela mesma Universidade. Foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) eixo História. Tem experiência na área de Ciências Humanas, com ênfase em História.

Downloads

Publicado

2022-07-12