Modelando trajetórias de aprendizagem utilizando princípios de design baseado em blocos: um estudo de caso aplicado à aprendizagem em desenvolvimento web

Autores

  • Paulo Santana Rocha UFRGS/PPGIE
  • José Valdeni de Lima UFRGS/PPGIE
  • Rafaela Jardim UFRGS/PPGIE
  • Dauster Souza Pereira UFRGS/PPGIE
  • Igor Kühn UFRGS/PPGIE
  • Roseane de Lima Parente Rocha FADERGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.89259

Palavras-chave:

trajetórias de aprendizagem, programação visual, modelagem.

Resumo

Esta pesquisa apresenta uma proposta de modelo gráfico para representar
trajetórias de aprendizagem utilizando os princípios de design das linguagens de
programação visuais. Tal abordagem permite, através da relação entre conceitos, modelar percursos pedagógicos complexos, sugerindo um instrumento promissor no sentido de garantir uma visão macro eficiente das trajetórias. Além disso, um estudo de caso foi realizado no curso de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde 27 estudantes foram convidados a estruturar trajetórias de aprendizagem utilizando o modelo e ferramentas propostos nessa pesquisa. Como resultado foi possível observar a geração de 50 representações de trajetos, com abordagens distintas para assuntos inerentes à área de desenvolvimento para internet. Não obstante, os dados quantitativos de desempenho evidenciam que, ao estruturar as trajetórias na forma de blocos, ocorre ganho quanto à assimilação dos conceitos, além de uma visível evolução do aspecto da homogeneidade da turma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-28

Como Citar

SANTANA ROCHA, P.; VALDENI DE LIMA, J.; JARDIM, R.; SOUZA PEREIRA, D.; KÜHN, I.; DE LIMA PARENTE ROCHA, R. Modelando trajetórias de aprendizagem utilizando princípios de design baseado em blocos: um estudo de caso aplicado à aprendizagem em desenvolvimento web. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 2, p. 351–361, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.89259. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/89259. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Projeto e desenvolvimento de objetos educacionais