Tarefas para a aprendizagem de língua estrangeira em ambiente digital: focando o papel do aluno

Autores

  • Patrícia da Silva Campelo Costa Barcello UFRGS
  • Eunice Polonia UFRGS
  • Mariana Backes Nunes UNISINOS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.86015

Palavras-chave:

Tecnologia e educação. Escrita colaborativa. Autonomia. Papel do aluno.

Resumo

Com a introdução das tecnologias de informação e comunicação e a exploração do seu potencial na educação, os paradigmas e os papéis dos participantes no processo de ensino-aprendizagem têm sido revisitados. Neste estudo, avaliamos alguns desdobramentos de uma tarefa de escrita colaborativa de fanfictions por alunos de inglês, em contexto universitário, com a utilização da ferramenta de escrita colaborativa ETC. O nosso objetivo é investigar de que maneira uma tarefa de reformulação dos textos no ambiente digital associa-se à autonomia desse aluno. Os dados mostram que a proposição de tarefas de escrita colaborativa significativas pode fomentar a exploração construtiva das interações, de modo a potencializar a aprendizagem de inglês como língua estrangeira dos envolvidos e uma postura autônoma por parte dos graduandos. Identificamos através da experiência aqui descrita que a tarefa de escrita colaborativa pode, portanto, constituir-se em uma prática que dá ênfase ao processo de criação e reelaboração ativa a partir de parcerias provocadoras, que desse modo iniciam o seu agir autônomo e consolidam aprendizagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-21

Como Citar

DA SILVA CAMPELO COSTA BARCELLO, P.; POLONIA, E.; BACKES NUNES, M. Tarefas para a aprendizagem de língua estrangeira em ambiente digital: focando o papel do aluno. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.86015. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/86015. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Tecnologia na educação